Guia NBA 2019/2020 – Los Angeles Lakers

Lakers reformula quase todo elenco para acabar com pior sequencia sem chegar aos playoffs da história da franquia

Antonio Carlos Junior
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação

O Torcedores.com preparou um guia de todas as equipes da NBA para você ficar por dentro de tudo sobre a maior liga de basquete do mundo. Veja aqui tudo sobre o Los Angeles Lakers.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Ficha Técnica

Fundação: 1948
Conferência: Oeste
Divisão: Pacífico
Presidente: Jeanie Buss
General Manager: Rob Pelinka
Arena: Sraples Center (Los Angeles, California) – Capacidade 18.997 espectadores
Títulos: 16 (1948-49, 1949-50, 1951-52, 1952-53, 1953-54, 1971-72, 1979-80, 1981-82, 1984-85, 1986-87, 1987-88, 1999-2000, 2000-01, 2001-02, 2008-09 e 2009-10)

Receita de Sucesso

O Los Angeles Lakers trocou meio time para contar com o ala-pivô Anthony Davis. Embora a decisão tenha sido criticada por alguns, historicamente esse tipo de movimentação acaba em títulos para o time roxo e dourado.

Em todos os 16 títulos da franquia, o Lakers contou com um pivô ou ala-pivô dominante. Na década de 50 George Mikan foi responsável pela primeira dinastia da NBA. Após quase 20 anos sem títulos o Lakers contratou Wilt Chamberlain, chegou a quatro finais em cinco anos, e venceu um título.

Nos anos 80 foi a vez de Kareem Abdul-Jabbar, que levantou a taça cinco vezes. Já nos anos 2000, Shaquille O’Neal dominou a liga e levou o Lakers a três títulos. Por fim, nos últimos dois, Pau Gasol foi peça importante nas conquistas, ainda que a estrela fosse Kobe Bryant.

Agora Anthony Davis terá a missão de ajudar LeBron James a tirar o Lakers de seu pior momento na história. Se depender do histórico, essa dupla trará grandes alegrias à franquia angelina.

Prováveis titulares

C – JaVale McGee
PF – Anthony Davis
SF – LeBron James
SG – Danny Green
PG – Avery Bradley

Quem chegou

Anthony Davis (PF/C) – New Orleans Pelicans, Troy Daniels (SG) – Phoenix Suns, Jared Dudley (PF) – Brooklyn Nets, Quinn Cook (PG) e DeMarcus Cousins (C) – Golden State Warriors, Danny Green (SG) – Toronto Raptors, Avery Bradley (SG) e Dwight Howard (C) – Memphis Grizzlies e Kostas Antetokounmpo (PF) – Dallas Mavericks

Quem saiu

Brandon Ingram (SF), Lonzo Ball (PG), Josh Hart (SG) – New Orleans Pelicans, Isaac Bonga (SF), Moritz Wagner (C) e Jemerrio Jones (SG) – Washington Wizards, Mike Muscala (C) – Oklahoma City Thunder, Reggie Bullock (SF) – New York Knicks e Tyson Chandler (C) – Houston Rockets

O “cara” do Los Angeles Lakers

LeBron James

Apesar da chegada de Davis, LeBron segue sendo a principal estrela do Lakers. E, após ficar fora dos playoffs pela primeira vez desde 2005, o “Rei” chega mordido em seu segundo ano no Lakers.

Com um elenco mais apropriado para  seu estilo de jogo, e outra estrela para dividir a responsabilidade, LeBron tem tudo para mostrar que ainda é o melhor jogador da atualidade. Na última temporada, aos 34 anos, ele teve médias superiores a 27 pontos, 8 rebotes e 8 assistências.

A expectativa é que volte de lesão que o afastou de 27 jogos na temporada passada com fome de bola. Especialistas acreditam que mesmo que seja poupado, James é um dos favoritos à conquistar o MVP da temporada pela quinta vez em sua carreira.

O que esperar do Lakers 2019-20

Qualquer resultado que não seja o título será considerado decepcionante em Los Angeles. A equipe trouxe Anthony Davis, um dos jogadores mais dominantes da atualidade. Além disso, o Lakers investiu em jogadores que complementem o estilo de jogo de James.

Ofensivamente a equipe angelina deve ser impossível de parar. Com a responsabilidade de armar o jogo, LeBron criará diversas oportunidades para seus companheiros, que devem ter boas temporadas da linha dos três pontos. Davis também fará estragos nas defesas adversárias, que terão de escolher entre dobrar a marcação nele ou no King.

Do outro lado da quadra o time deve ser igualmente forte. Davis é um dos melhores defensores de garrafão da NBA, além de ser dominante nos rebotes. No perímetro o Lakers se reforçou com Avery Bradley e Danny Green, que devem ser responsáveis pelos principais jogadores adversários.

Não dá para cravar título, mas será preciso uma grande implosão para que esse time não acabe com a sequencia de temporadas sem playoffs do Lakers.

LEIA MAIS

Guia NBA 2019/2020 – Los Angeles Clippers

Guia NBA 2019/2020 – Golden State Warriors

Guia NBA 2019/2020 – Phoenix Suns

Guia NBA 2019/2020 – Sacramento Kings