Guto Ferreira analisa chances de título do Sport na Série B: “Difícil, mas não impossível”

Leão da Ilha está a oito pontos de distância do Bragantino, líder da competição

Felipe Gomes da Costa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/DAZN

Nesta quinta-feira (10), 0 técnico Guto Ferreira analisou as chances de título do Sport na Série B do Brasileirão. Em entrevista coletiva, o comandante do Leão admitiu que o objetivo está distante, mas disse acreditar na conquista. Nesta sexta-feira (11), em mais um capítulo na segunda divisão nacional, o time pernambucano enfrenta o São Bento.

Guto Ferreira comenta chances de título

Ao analisar a situação do Sport na Série B, Guto Ferreira reconheceu a dificuldade em alcançar o título, mas garantiu que a equipe segue empenhada atrás do objetivo.

“Está difícil? Está. Não dá para negar. Oito pontos e 11 rodadas, está difícil. Impossível? Não. Existe possibilidade? Sim. Nós continuamos sonhando e trabalhando por algo maior”, afirmou.

O treinador ainda destacou que o Leão precisa sonhar com grandes metas no torneio.

“Se você ficar olhando só para baixo, você perde velocidade. Você ganha velocidade quando olha para frente. Mais do que nunca, nesse momento, nós temos que olhar para frente. Nós temos que subir, nem parar e nem descer. Nós temos que subir”, frisou.

Situação do Sport na Série B

O Sport atualmente ocupa a terceira posição da Série B, com 46 pontos somados. Com 11 rodadas restantes, o time dirigido por Guto Ferreira está a oito pontos do líder Bragantino, que soma 54. O vice-líder Atlético-GO, outro rival na luta pelo título, tem a mesma pontuação do Leão da Ilha, mas conta com uma vitória a mais (critério de desempate).

Nesta sexta-feira (11), o clube pernambucano enfrenta o São Bento, na Ilha do Retiro. O duelo, válido pela 28ª rodada da competição, terá início às 19h15 (de Brasília).

Entrevista de Guto Ferreira

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Leia mais: Goleiro do Fortaleza ajuda homem assaltado e momento viraliza

Maurício Capela analisa ataque do Flamengo: gols acontecem na grande área