Hernanes, Dadá Maravilha e Tite; veja os boleiros que poderiam ser poetas

No Dia do Poeta, confira alguns nomes do mundo da bola que se dariam bem com poemas. Todos são/foram destaques por suas sacadas e intelectualidade fora de campo

Eduardo Suguiyama
Eduardo Suguiyama é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado).

Crédito: SporTV/Reprodução

O dia 20 de outubro é comemorado o Dia do Poeta e pensando nisso, o Torcedores.com trouxe a data comemorativa para dentro de campo, para o mundo do futebol e listou cinco jogadores que poderiam se dar bem com poemas.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Hernanes

O meia do São Paulo é um grande jogador e além disso é conhecido por suas frases marcantes e inspiradoras. Não é a toa que ganhou o apelido de ‘Profeta’.

Dadá Maravilha

O polêmico atacante é outro que ficou marcado no mundo do futebol por seus gols e suas frases de efeito. A mais famosa é “Não existe gol feio, feio é não fazer gol”.

Tite

O técnico da Seleção Brasileira e um dos treinadores mais vitoriosos do futebol na atualidade também tem seus momentos poéticos e filosóficos. As vezes, acaba falando até demais, cria analogias e faz discursos complicados.

Sócrates

O ex-jogador Sócrates é um ícone de inteligência, perspicácia e intelectualidade no mundo da bola. ‘Magrão’ participou ativamente da política no Brasil e foi eleito um dos seis atletas mais inteligentes da história pelo jornal britânico Guardian.

Muricy Ramalho

O ex-treinador e atual comentarista do Grupo Globo seria um poeta moderno, aquele poeta que não perde tempo e fala da vida cotidiana sem se estender com palavras bonitas. Muricy criou frases memoráveis como: ‘A bola pune’, ‘Aqui é trabalho, meu filho’ e ‘Quer ver espetáculo? Vai ao teatro’.

LEIA MAIS:
Jornal inglês relata participação de atletas da Premier League em festas sexuais secretas

Torcedores do Corinthians se revoltam e desabafam: “Só volto a assistir quando Carille sair”