Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Histórias da F1: Fittipaldi vence pela primeira vez no Brasil em 1973

Corrida disputada em Interlagos foi a estreia do País no calendário da F1 como prova oficial

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Divulgação

Se em 1972, a Fórmula 1 desembarcou no Brasil pela primeira vez apenas para uma prova extra-campeonato, que serviu para homologar o Autódromo de Interlagos para receber a categoria, em 1973, o cenário era muito diferente: a corrida, novamente realizada na capital paulista, contou pontos, e teve grid completo, incluindo a presença do agora campeão do mundo Emerson Fittipaldi.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

A corrida contou com quatro brasileiros no grid. Além de Emerson, que defendia a Lotus e havia vencido a primeira prova da temporada, na Argentina, participaram da prova Wilsinho Fittipaldi, em um Brabham, José Carlos Pace e Luiz Pereira Bueno, ambos na Surtees, sendo que “Peroba”, como Bueno era chamado, correu na condição de convidado.

Além dos brasileiros, o grid contou com outras estrelas daqueles tempos da Fórmula 1. Estiveram em Interlagos Jackie Stewart, Jacky Ickx, Clay Regazzoni, Niki Lauda, Ronnie Peterson, François Cevert, e Carlos Reutemman, que no ano anterior venceu a corrida extra-campeonato disputada em Interlagos. Um total de 20 carros foram inscritos, e pilotos de 11 nacionalidades participaram da prova.

A Lotus, contando com Emerson Fittipaldi, fez um grande esforço para entrar como favorita na etapa brasileira do Mundial, o que incluiu treinamentos em Interlagos antes do final de semana do GP chegar. Apesar disso, a pole position ficou com outro piloto da Lotus, Ronnie Peterson, que percorreu os quase oito quilômetros do circuito paulistano em 2min30s5, marca dois décimos em relação ao brasileiro, e 1s5 mais rápida em relação a Ickx, da Ferrari.

A segunda edição do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 foi disputada sob forte calor no dia 11 de fevereiro de 1973, com grande público presente nas arquibancadas de Interlagos. Na largada, Emerson logo pulou na frente de Peterson, que despencou para a quarta posição, sendo superado também por Pace, que pulou de sexto para segundo, e Stewart.

Sem o melhor ritmo com o Surtees, Pace foi superado por Stewart e, na sequência, por Peterson. O sueco, aproveitando-se do melhor ritmo da Lotus, partiu para o ataque contra o escocês, mas acabou batendo na sexta volta, quando uma das rodas se soltou do carro. Pace subiu para terceiro, mas virou presa fácil para Ickx, Denny Hulme e Jean-Pierre Beltoise, abandonando posteriormente com problemas na suspensão traseira.

Na frente, Emerson Fittipaldi seguia tranquilo, seguido por Stewart e Hulme. Ickx, por sua vez, é obrigado a visitar os boxes por conta de um furo de pneu, enquanto Beltoise abandonou a disputa com um problema elétrico no carro da BRM na volta 23. Regazzoni, então, assumiu o quarto posto, mas também sofreu com uma falha no carro, precisando ir aos boxes.

Emerson Fittipaldi seguiu para uma vitória tranquila, completando as 40 voltas da prova com uma vantagem de 13s5 em relação ao Tyrrell de Jackie Stewart. Denny Hulme, com uma McLaren, foi o terceiro. Apenas os três completaram 40 voltas. A zona de pontos ainda contou com Arturo Merzario e Jack Ickx, ambos da Ferrari, e Clay Regazzoni, da BRM. Luiz Pereira Bueno foi o 12º, enquanto José Carlos Pace e Wilsinho Fittipaldi abandonaram.

Foto: divulgação

LEIA MAIS:
Fittipaldi quebra e Reutemann vence primeiro GP do Brasil de F1