Jorginho coloca Rodrigão no banco: “Ninguém na zona de conforto”

O treinador disse que em seu time não tem titular absoluto e não quer ninguém entrando na zona de conforto

Joao Pedro Prado Restani
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Coritiba

Na última terça-feira (8) o Coritiba venceu o Guarani no Couto Pereira por 1 a 0 e se aproximou do G4 mesmo com um jogo a menos, o time da capital paranaense chegou a sexta colocação com 40 pontos em 26 jogos, um a menos que o quarto colocado América-MG, diferença essa que pode ser tirada na partida de 24ª rodada contra o Cuiabá que foi adiada. Na vitória do Coxa, o artilheiro do clube na temporada ficou no banco pela primeira vez, o atacante Rodrigão fez 19 gols no ano e 11 na Série B, o artilheiro não tinha ficado nenhuma vez entre os reservas nas 31 partidas anteriores.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Após a partida o Jorginho falou sobre sua escolha e explicou o porquê de ter feito. Vale lembrar que além de Rodrigão, os jogadores Kelvin e Giovanni foram sacados da equipe titular, dando vaga a Nathan, Thiago Lopes e Rafinha. “Precisa lutar o tempo todo. Eu não quero ninguém na zona de conforto. Não existe titular absoluto. Rodrigão recebeu muito bem. É um jogador de mais presença, torço muito por ele para quebrar esse jejum”, disse Jorginho.

O atacante de 25 anos que pertence ao Santos também falou sobre o assunto, mas se demonstrou muito tranquilo com a opção do comandante coritibano. “Eu sei da confiança que tenho no grupo. Quem manda no time é ele, eu só tenho que trabalhar. A única coisa que vou mudar para voltar a ser titular é com trabalho. Se eu for titular, eu vou estar feliz. Deixo na mão do treinador”, disse Rodrigão à RPC.

A próxima partida do Coritiba é no próximo sábado (12) no Couto Pereira contra o Criciúma.

LEIA MAIS:

Coritiba x Guarani: veja o gol da vitória do Coxa