L’Étape Brasil 2020 tem mais de 1.500 inscritos em menos de 10 dias

Prova de ciclismo de estrada chancelada pelo Tour de France será realizada em setembro do ano que vem

Aldir Junior
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Fotop

A organização do L’Étape Brasil by Tour de France confirmou, nesta semana, que a edição 2020 já ultrapassou a marca de 1.500 ciclistas amadores confirmados em menos de 10 dias de inscrições. A prova será realizada novamente em Campos do Jordão (SP) no dia 27 de setembro do ano que vem.

O evento chancelado pelo Tour de France abriu as inscrições durante a corrida deste ano, que ocorreu em 29 de setembro. O L’Étape teve o percurso principal com 107 quilômetros de distância e 2.330 metros de altimetria acumulada, o equivalente a subir um prédio residencial de 770 andares. A versão mais curta teve 66 quilômetros. Ao todo, mais de 2.400 atletas largaram.

“O número é um recorde e a tendência é que o limite seja atingido ainda neste ano. Nas outras cinco edições nunca tivemos um volume tão alto nos primeiros dias. Isso representa a força do L’Étape e sua importância para o ciclismo da América Latina. Também prova que os atletas amadores aprovaram mais uma vez a prova”, disse Bruno Prada, medalhista olímpico e organizador do L’Étape Brasil by Tour de France.

Link para as inscrições

Os inscritos recebem no kit oficial uma camisa de ciclismo com chips de cronometragem, números para bicicleta e costas, além de receberem suporte durante a corrida, como atendimento mecânico, médico e de fisioterapia.

Em 2019, a prova teve pela primeira vez a presença do alemão Didi Senft, mais conhecido como o Diabo do Tour ou Didi, the Devil. O animador que se veste de demônio nas etapas do Tour de France esteve na cidade paulista apoiando os ciclistas.

Grandes nomes do esporte, como o treinador Bernardinho Rezende, o campeão olímpico Nalbert e o piloto Ricardo Maurício, da Stock Car, participaram do L’Étape. As principais assessorias esportivas do país também mandaram seus representantes.

No Village, montado na praça do Capivari ao lado do teleférico da cidade, estandes de várias marcas e serviços parceiros do L’Étape mostraram suas novidades para o público seleto.

Para 2020, o L’Étape Brasil vai manter o mesmo trajeto deste ano. O objetivo, segundo o diretor de prova Fernando Cheles, é aperfeiçoar o percurso para a próxima temporada. “Esperamos uma prova ainda melhor no ano que vem. Cuidamos de todos os detalhes para que os atletas entendam se houve uma evolução de uma edição para a outra. Você acaba tornando a experiência um pouco mais profunda”.

O título de 2019 do L’Étape Brasil ficou mais uma vez com o ciclista Otávio Bulgarelli, com a marca de 3h07’02”20”’. O resultado foi definido praticamente no photo-finsish, na disputa com Ricardo Pichetta, segundo colocado, colado na linha de chegada.

No feminino, a alemã Nadine Gill não deu chances às adversárias e completou o percurso de 107 quilômetros em 3h15’36”, com mais de 15 minutos na frente segunda colocada (Taise Benato). A ciclista amadora também foi bicampeã consecutiva da prova.

Resultados

Prova 107 KM – Feminino

1º – Nadine Gil – 3h15min36

2º – Taise Benato – 3h34min28

3º – Cristiane Silva – 3h37min08

Prova 107 KM – Masculino

1º – Otavio Bulgarelli – 3h07min02s20

2º – Ricardo Pichetta – 3h07min02s24

3º – Daniel Mendes – 3h07min02s47

Prova 66 KM – Feminino

1º – Mariana Mendes

2º – Priscila Julio

3º – Marta Lima

Prova 66 KM – Masculino

1º – Rafael Oliveira

2º – Guilherme Couto

3º – Fábio Bonaldi

LEIA MAIS: CICLISTAS REPETEM VITÓRIA DE 2018 E CONQUISTAM O BICAMPEONATO DO L’ETAPE BRASIL