Com Schweinsteiger, veja os craques que se aposentaram em 2019

Alemão foi mais novo astro do futebol a pendurar as chuteiras

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Jonathan Daniel/Getty Images

O meio-campista alemão Bastian Schweinsteiger foi mais uma estrela do futebol internacional a abandonar o esporte em 2019.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Com ele, veja abaixo uma lista de craques que penduraram as chuteiras:

Bastian Schweinsteiger
O alemão estava no Chicago Fire, dos Estados Unidos, e se aposentou no início da semana. Campeão do mundo em 2014, é ídolo do Bayern de Munique.

Wesley Sneijder
O talentoso meia holandês que foi carrasco do Brasil na Copa de 2010 se aposentou após passagem pelo Al-Gharafa.

Peter Crouch
Após muito sucesso no futebol inglês e uma série de convocações para o English Team, o centroavante de 2,01m deixou o futebol. Seu último clube foi o Stoke City.

Jonas
Ídolo do Benfica e com muito sucesso pelo Grêmio no Brasil, Jonas abandonou a carreira no dia da apresentação do elenco dos Encarnados para a atual temporada.

Arjen Robben
Outro holandês que se aposentou foi o atacante Robben, que decidiu não procurar outro clube após seu vínculo com o Bayern de Munique chegar ao fim.

Petr Cech
O ídolo do Chelsea encerrou a carreira no arquirrival Arsenal, mas assim que deixou o futebol retornou aos Blues para assumir um cargo fora dos gramados.

Xavi Hernández
O meia espanhol encerrou seu vínculo como jogador profissional com o Al Sadd e acabou assumindo a equipe do Qatar como treinador. Foi mais um dos craques a pendurar as chuteiras.

Fernando Torres
O atacante é mais um espanhol da geração campeã do mundo em 2010 a deixar o futebol na atual temporada. O ídolo do Atlético de Madrid e do Liverpool estava no Japão.

Robin van Persie
Estrela do futebol inglês, o centroavante Robin van Persie se aposentou no fim da última temporada ao deixar o Feyenoord.

Andrea Barzagli
O zagueiro foi multicampeão pela Juventus em seus últimos anos de carreira e deixou o esporte no fim da última temporada com mais uma conquista do Campeonato Italiano.

Leia mais:
Ingresso mais barato para Brasil x Senegal custa 293% mais que ticket mínimo mais caro do Brasileirão