Goleiro do Fortaleza ajuda homem assaltado e momento viraliza

Uma nobre atitude de Marcelo Boeck chamou atenção na noite desta última quarta-feira, 09, após a vitória do Fortaleza sobre a Chapecoense, por 2×0

Tabatha Selestino Maia Simões
Colaborador do Torcedores

Crédito: Fortaleza / Divulgação

O jogo ocorreu na Arena Castelão e o goleiro do Fortaleza, Marcelo Boeck, mostrou solidariedade ao ajudar um homem desconhecido que havia sido assaltado em uma parada de ônibus.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

O assalto ocorreu enquanto o jogador jantava com a sua família, e ele fez questão de ajudar a vítima com uma quantia em dinheiro, após ele relatar o que havia acontecido. A ação do goleiro foi filmada por um torcedor e viralizou na web.

No vídeo, o homem identificado como Ivanildo contou que foi abordado por dois homens. Um usou uma faca e o outro levou todo seu dinheiro.

“- Fui tomado de assalto naquela parada de ônibus. Chegou um rapaz me abordando com uma faca e o outro tomou meu valor. Sou pai de sete filhas e moro em Maracanaú. O cidadão não é ruim. Ele é ótimo, é maravilhoso. Mas muitas vezes ele é vítima de muita coisa”, contou a vítima.

Ivanildo também informou que não conseguiu realizar o boletim de ocorrência, já que a polícia não conseguiu se deslocar de uma região para outra. Ele também revelou que ao receber a ajuda, pediu ao goleiro apenas o valor da passagem, mas foi surpreendido com um valor bem mais alto.

“- O cidadão já vive amedrontado com tanta coisa. Mas Deus é tão pai… Eu queria só… O ônibus é só R$ 4,60. Olhe o que o cidadão dali me deu”, contou a vítima ao vídeo, exibindo a quantia de R$ 45,00 dada pelo goleiro.

O torcedor que gravava perguntou a Ivanildo: “O goleiro do Fortaleza, o Marcelo Boeck, não é?”. Ouvindo aquilo, a vítima se mostrou surpresa: “Aquele cara é goleiro do Fortaleza? Mentira! Aquele cara é goleiro do Fortaleza? Meu irmão, eu sou fã daquele cara!”, disse ele feliz.

Na sequência, os dois se encontraram e o goleiro o abraçou. Ivanaldo se mostrou agradecido e lamentou não ter uma caneta no momento para que o jogador lhe desse um autógrafo.

LEIA MAIS:
Flamengo e Grêmio são os times da Série A que mais fizeram gols no ano; veja o ranking completo