Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Minotouro desistiu da faculdade de direito e relembra de ajuda de Anderson Silva em 2002

No Meeting Brasileiro de Nutrição Esportiva, Rogério Nogueira, o Minotouro, relembra de como foi sua trajetória

Yasmin Alaby
Colaborador do Torcedores

Crédito: E4 eventos

Nascido no interior da Bahia, em Vitória da Conquista.  Minotouro treinava judô desde os 5 anos de idade.

Rogério tirou o irmão Rodrigo debaixo de caminhão aos 11 anos de idade, e o irmão foi o maior influenciador para ele ser campeão.
Durante a infância e adolescência, treinava dentro de casa com o irmão, assistindo vídeos por fita cassete. Repetia de 50 até 100 vezes a mesma  posição.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Minotouro queria ir para o Rio de Janeiro para lutar e o pai não o deixava, sempre dizia que ele precisava estudar, foi então que ele decidiu trabalhar numa papelaria, juntou um dinheiro e foi para o Rio de Janeiro, lá prestou vestibular e passou. Após um tempo foi conquistando desconto e isenção na mensalidade por conta da bolsa atleta, porém no último ano de Direito desistiu da faculdade e se dedicou à carreira do esporte.

A partir de então conquistou diversos títulos tanto no Jiu Jitsu, Boxe e MMA, aprendeu com as derrotas e via que aquilo que era déficit, treinava o dobro ou o triplo para ajustar e melhorar sempre.

O pai era durão e assim como o pai, Luiz Dórea, seu treinador sempre exigia que ele fosse destaque no meio da luta, cobrando treinos duas vezes ao dia.

Minotouro relembra também quem o ajudou em 2002 nos treinos de preparação para a luta contra o Sapp, foi Anderson Silva.  Após diversas cirurgias e menos de 2 meses da última, treinou com o Spider até no dia do Natal.

No Brasil, Rogério Nogueira tem um projeto social, que incentiva as crianças a treinar. Hoje, sua rede possui mais de nove mil alunos e se orgulha de dar oportunidades às pessoas, inclusive tirou atletas que eram do tráfico para lutar MMA.

Nogueira tem um lema: Se o cara estuda 1 hora, estude 2. Não faça mil coisas, foque em uma e faça acontecer!

Leia mais:

Boxe: o treinamento funcional ajuda a melhorar a performance esportiva

José Aldo fará estreia no peso-galo no UFC 245, em dezembro