Mundial de Boxe: Bia Ferreira vence norte-americana e vai para a final

Na categoria até 60kg, Bia Ferreira derrotou a norte-americana Rashida Ellis e garantiu seu lugar na grande final do Mundial Feminino de Boxe

Aécio de Paula
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/ CBBoxe

O Brasil está na final do Mundial de Boxe Feminino. A confirmação veio na manhã deste sábado (12), na Rússia. Bia Ferreira, da categoria até 60kg, derrotou a norte-americana Rashida Ellis pela Semifinal da competição e portanto vai disputar o ouro para o país no próximo domingo (13).

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

A brasileira eliminou a atleta dos Estados Unidos por pontos. A decisão terminou em 4 a 1 para a Bia Ferreira (29-28, 29,28, 30-27, 30-27 e  28-29). Com o resultado, a baiana vai enfrentar a chinesa Cong Wang na disputa pelo ouro na competição.

Velha conhecida 

Essa foi a quarta vez que a brasileira e a norte-americana se encontraram, a mais recente delas aconteceu na Semifinal dos Jogos Pan-Americanos de Lima este ano, com vitória para a brasileira. Ainda assim, a atleta considerava que não era favorita. Além disso, o clima era diferente já que agora se tratava de uma semifinal de Mundial. 

A luta

Bia conseguiu manter a norte-americana acuada durante quase toda a luta na manhã deste sábado. Se movimentou bem pelo tablado e encaixou bem os seus socos. Acima de tudo, os especialistas concordaram com a decisão dos juízes, pois o domínio da brasileira foi evidente.

Honrou o favoritismo

A vaga na final veio justamente no momento de maior favoritismo na carreira da Beatriz. Foi de longe o nome com mais expectativa do Brasil para esse Mundial de Boxe Feminino. Além disso, carregava bons resultado na temporada.

Ouro no Pan

A atleta vem fazendo um ano espetacular, além da vaga na final do Mundial Feminino, Beatriz vem de um ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima de 2019. Para se ter uma ideia, esse será o 24º pódio da brasileira em 25 competições de sua carreira. Este tem um gosto especial, já que é o primeiro em um Mundial. 

Vale lembrar que a brasileira já tinha garantido o pódio. É que no boxe não há disputa pela terceira posição. Assim, a vitória nas Quartas de Final já tinha assegurado a medalha. Restava saber a cor. Agora a brasileira fica entre o ouro e a prata.

LEIA MAIS

Mundial de Boxe: brasileira Bia Ferreira vence russa e garante medalha