Mundial de Boxe: brasileira Bia Ferreira vence russa e garante medalha

Brasileira Bia Ferreira surpreende e vence russa pelas Quartas de Final do Mundial. Como não há disputa pelo terceiro lugar no boxe, medalha está garantida

Aécio de Paula
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Youtube

O Brasil garantiu a primeira medalha na edição de 2019 no Mundial Feminino de Boxe. O feito foi conquistado nesta quinta-feira (10), na Rússia. A campeã pan-americana Bia Ferreira, da categoria até 60kg venceu a dona da casa Natalia Shadrina pelas quartas de final da competição. Como não há disputa de terceiro lugar no boxe, Beatriz garante portanto o bronze mesmo em caso de derrota na Semifinal. Ainda assim, atleta quer brigar pelo ouro.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

A decisão dos juízes veio de maneira apertada. Um deles deu 30 a 27 para a brasileira. Outro deu 30 a 27 para a russa. Outros dois deram resultados completamente diferentes. Um deu uma vitória da Beatriz nos três rounds e um quarto juiz deu a vitória para a russa nos três rounds. Mas o saldo final, apesar da discrepância na visão dos juízes, foi um 3 a 2 para a brasileira, que segue no Mundial.

Apesar de já ter garantido a medalha, Beatriz tem afirmado que não quer parar por aí. Se vencer a Semifinal da categoria, que acontece neste sábado (12), Bia disputará o ouro para o Brasil na Rússia. 

O caminho de Beatriz no Mundial de Boxe

Bia Ferreira chegou ao Mundial como a principal chance de medalha para o Brasil na competição. A atleta foi campeã pan-americana em Lima, e passa por um dos melhores momentos da carreira. Assim, chegou como a grande aposta da delegação brasileira. 

Neste Mundial, Beatriz estreou com vitória por nocaute técnico sobre a Keamogetse Kenosi, de Botsuana. Logo depois, se classificou para as Quartas de Final ao vencer a venezuelana Omailyn Alcalá por unanimidade. 

As outras brasileiras

O Brasil foi para o Mundial de Boxe representado apenas por três atletas. Além da Bia, estavam presentes na competição a Grazieli de Jesus e a Jucielen Romeu. Mas nenhuma das duas têm mais chances. A Grazieli venceu a primeira e foi eliminada na segunda luta. Já a Jucielen Romeu caiu na estreia.

LEIA MAIS

Everlast convida boxeador transexual para estrelar campanha; confira