Mercado da bola: Náutico anuncia empréstimo de Odilávio para o Figueirense até o fim da Série B

Jogador acabou perdendo espaço no Timbu após uma lesão e utilizará restante da temporada para ganhar ritmo

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Léo Lemos - Divulgação - Náutico

Cria das categorias de base do Náutico, o atacante Odilávio será emprestado ao Figueirense até o final da Série B. O anúncio foi feito pela equipe alvirrubra nesta terça-feira (01). O jovem de 23 anos foi titular da equipe em boa parte da temporada, no entanto, uma lesão no joelho fez com que o jogador perdesse espaço na equipe de Dal Pozzo. A transação não renderá nenhuma compensação financeira ao Timba.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

“Ele está indo emprestado para o Figueirense até o final da Série B e volta. O clube não será recompensado com o empréstimo”, explicou o vice-presidente de futebol do Náutico, Diógenes Braga.

Na atual temporada, Odilávio acumula 19 partidas, com quatro gols marcados e quatro assistências. A última vez que o atacante esteve em campo foi no dia 18 de maio, no embate diante do Treze. Embora tenha sido relacionado para a reta final da Série C após sua recuperação, o jovem não foi utilizado em nenhum jogo.

“É um jogador que a gente acredita muito, e que estava fazendo uma temporada muito boa, mas foi interrompida por conta da lesão. E quando ele voltou o time já estava encaixado e não conseguiu se encaixar. Mas vai para lá até o final da Série B e vai ganhar ritmo e volta para estar na próxima temporada conosco”, concluiu o diretor.

Diante do acerto, Odilávio não integrará o grupo alvirrubro no segundo e decisivo duelo diante do Sampaio Corrêa, no próximo domingo (6), que definirá o grande campeão da Série C.

REFORÇOS DO FIGUEIRA

Além do atacante do Náutico, o Figueirense já anunciou a chegada do goleiro Rodolfo Castro e dos laterias Luís Ricardo e Conrado. Com apenas 23 tentos somados, o time alvinegro amarga a lanterna da Série B, cinco tentos da primeira equipe fora do Z4.

LEIA MAIS: