Messi revela que presidente do Barça não descarta retorno de Neymar: “Porta está aberta”

Segundo o argentino, Neymar não escondeu que tomou uma decisão equivocada em sua carreira

Bruno Romão
22 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Divulgação/Barcelona

A ”novela” envolvendo o atacante não terminou de forma feliz para ele. Isso porque o PSG fez jogo duro para negociá-lo e o Barcelona não atendeu as exigências da diretoria parisiense. Sendo assim, sua vontade de jogar com Messi e companhia de novo não foi atendida. Em entrevista à emissora de rádio ”RAC 1”, o camisa 10 do time catalão declarou que gostaria de ter o amigo de volta na equipe.

”Eu queria que Ney viesse, porque no nível esportivo ele é um dos melhores do mundo, desequilibra, é diferente, e tê-lo em nosso time nos daria mais opções. Mas entendo que Ney não foi bem visto visto pela maneira como saiu, por nos deixar naquele momento e que havia sócios que não queriam que eles viesse. Mas, desportivamente, teria gostado”, declarou.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Além disso, Messi falou sobre o arrependimento de Neymar em deixar o Barça. Segundo ele, o brasileiro reconheceu que fez uma má escolha, motivo pelo qual tentou de toda forma retornar. No entanto, revelou que Josep Maria Bartomeu ainda não desistiu da contratação.

”Pouco depois de sair, ele percebeu que estava errado e que havia tomado uma má decisão. Pelo que o presidente disse, a porta está aberta. Mas tudo pode acontecer”, avaliou.

O argentino também pontuou sobre o fato de ter declarado que a diretoria do Barcelona não ter feito todo esforço para trazer Neymar de volta.

”Eu não disse isso para levantar polêmica contra eles (diretoria). Há pessoas que dizem que faço contratações, que sinto falta de técnicos. Eu sei que havia conversas com Ney”, acrescentou.

LEIA MAIS