Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Para Batistuta, futebol nunca foi encarado como entretenimento

Ex-jogador argentino revelou em entrevista que sentia pressão devido aos espectadores nas partidas. Batistuta foi um dos grandes nomes do esporte dos anos 90

Jéssica De Paula Alves
Jornalista amapaense migrada em Belo Horizonte (MG). Nascida em março de 1990, é gremista e adora esportes desde a infância. Faixa branca em jiu-jitsu, também é fã de rock e ama unir suas paixões.

Crédito: Reprodução

O ex-jogador argentino Gabriel Omar Batistuta ou simplesmente Batistuta é considerado um dos grandes nomes do futebol nos anos 90. Como atacante, ele era um grande cabeceador, além de apresentar chutes fortes com as duas pernas. Para muitos torcedores da Argentina, vê-lo jogar era, sem dúvidas, um grande entretenimento.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Mas para ele, o futebol era muito mais que isso. Em entrevista, ele revelou que sentia uma grande responsabilidade quando entrava em campo, devido aos próprios expectadores.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

“O futebol nunca foi entretenimento para mim. Gostava de treinar, no entranto, durante o jogo sentia a responsabilidade por causa das pessoas que pagavam pelo ingresso. Muita pressão sempre, as pessoas pagavam para me ver Eu estava me sentindo responsável por aquelas pessoas. Talvez houvesse um limite, mas eu me sentia assim”, disse Batistuta.

Batistuta  fez sucesso em sua carreira, passando pela Seleção Argentina, Boca Juniors, Fiorentina e Roma. Disputou as Copa do Mundo de 1994, 1998 e 2002.

LEIA MAIS