“Para com essa m…”: Jorge Jesus já teve atrito com 50 Cent e expulsou o rapper do próprio ensaio

Famoso rapper iria fazer show no estádio Restelo, do Belensenses, mas viu um Jorge Jesus furioso tirá-lo de lá

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Alexandre Vidal/Flamengo

Quem vê Jorge Jesus como um senhor de 65 anos que tem balançado as estruturas do futebol brasileiro e que tem adquirido a simpatia de vários torcedores, especialmente do Flamengo, não sabe que o treinador já teve um atrito com ninguém menos que 50 Cent, um dos rappers mais famosos dos Estados Unidos.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

O fato foi relembrado pelo ex-jogador Cândido Costa em entrevista ao UOL Esporte, publicada nesta terça-feira (22). O ex-meia foi treinado por Jesus no Belenenses de 2006 a 2008, e foi no período que a confusão aconteceu.

Em 2007, 50 Cent iria fazer um show no estádio Restelo, que pertence ao clube. Porém, um dia antes do espetáculo, o rapper iria fazer a passagem de som no próprio local.

Mas o Belenenses tinha treino marcado para o mesmo dia, o que fez com que a comissão técnica do clube, chefiada por Jesus, fosse informada de que os jogadores dividiriam parte da estrutura com a equipe do cantor, que ensaiariam no estádio.

“Foi, de fato, uma situação muito engraçada. Para o bem ou para o mal, Jesus não leva nada para casa. O que tem a dizer, ele vai dizer, às vezes com razão, às vezes menos, mas vai para frente. Não é dono da verdade, claro. Naquele dia, o nosso diretor foi ao vestiário pedir ao ‘mister’ para ter paciência que o 50 Cent estava fazendo o ensaio com a banda e que isso ocuparia metade do campo”, lembrou o ex-meia ao UOL.

Porém, o tempo passou e Jesus se irritou com tamanho barulho no ensaio de 50 Cent. Foi então que veio o fato inusitado.

“A dada altura, Jesus se alterou e começou a caminhar em direção ao palco. O 50 Cent estava com o microfone e ele gritando embaixo: ‘Que música é essa? Para com essa m… Aqui é futebol. Queremos treinar.’ Foi uma confusão do c… Houve uma tensão, mas depois se resolveu tudo”, completou Cândido.

Jesus já contou a história
O técnico do Flamengo relembrou o caso em 2017, em entrevista à emissora SIC. Com bom humor, contou que o rapper ouviu a “bronca”, deu as costas e saiu dali.

“Eu acabei com o ensaio. Ele estava ensaiando, e eu entrei dentro do campo com aquele barulho e pensei: ‘Quero isso tudo fora daqui.’ E falaram que era impossível, que pagaram cachê, era uma banda muito conhecida. Cheguei ao pé do palco e mandei parar. Ele sentiu-se um pouco humilhado. ‘Mas quem é esse tipo para estar me mandando embora?’, deve ter pensado. Foi-se embora e nem o vi sair.”

Leia mais:
Situação de Santiago preocupa Conmebol, mas não há “plano B” para final da Libertadores, diz blog