Patricky Pitbull comenta retomada na carreira em GP do Rizin

Potiguar terá Tatsuya Kawajiri como adversário em luta neste sábado (12) no Japão

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhidaFormado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo pareciod.

Crédito: Divulgação/Bellator

Os irmãos Pitbull tem feito bastante sucesso no MMA. Patrício é campeão dos leves e dos penas do Bellator, enquanto que Patricky tem uma longa carreira nesta organização. E também mira ir bem no Rizin, onde fará parte do torneio dos pesos-leves da entidade asiática.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Patricky Pitbull enfrentará o ex-UFC Tatsuya Kawajiri em seu confronto no GP da divisão neste sábado (12) em Osaka (JPN). Para o potiguar, a realização de um sonho.

“Minha expectativa está muito grande para estrear neste torneio, Antes de chegar aqui no Japão, eu estava muito ansioso. Parecia que eu estava fazendo minha estreia internacional, mas agora estouymais tranquilo (risos). Lutar no Japão era um sonho que eu tinha e agora isto está sendo realizado”, disse Pitbull.

Vindo de cinco vitórias seguidas e invicto há três anos, Patricky teve uma guinada na carreira quando uma lesão o impediu de disputar o título dos leves do Bellator, hoje de posse de seu irmão Patrício. Já recuperado, quer compensar o tempo perdido com uma vitória em cima do veterano japonês.

“Sentia muita dor na mão e no corpo. Ficava cansado porque fiquei quase cinco meses parado. Foi algo sofrido e dolorido. Às vezes dava vontade de desistir, mas graças a Deus consegui superar esse recomeço ruim. Contei com o apoio da minha esposa e do meu fisioterapeuta, e as dores foram passando e esses pensamentos ruins também. Estou voltando até antes do esperado, porque o médico queria que eu lutasse apenas entre novembro ou dezembro. Eu disse que queria lutar antes e ficou preocupado. Mas depois de quatro meses, fiz os exames e ele disse que estava pronto. Hoje, minha mão está 100%”, disse.

LEIA MAIS

UFC Tampa corre risco de ter luta principal cancelada, diz site

Bibiano Fernandes relembra carreira e exalta ascensão do ONE

(Crédito da foto: Divulgação/Bellator)