Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Polícia identifica torcedor do Liverpool que levou cartaz racista para jogo da Champions League

Liverpool ainda pode ser multado pela UEFA por conta do cartaz

Gustavo Prado
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução

A polícia de Merseyside identificou o torcedor do Liverpool que levou um banner do atacante Origi no corpo de um meme de estereótipo racista, em partida pela UEFA Champions League, no último dia 23.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

O cartaz foi estendido na torcida dos Reds para o jogo contra o Genk, na Bélgica, pela terceira rodada da fase de grupo da Liga dos Campeões, porém foi retirado da Luminus Arena antes da partida ser iniciada.

Os responsáveis pela segurança do clube inglês no estádio de Genk alegaram que o banner foi retirado e depois destruído, pois “Perpetuava um estereótipo racista e isso é completamente  inaceitável”

Em nota, o Liverpool também condenou o cartaz “O Liverpool Football Club condena o banner que foi estendido em nosso setor da torcida antes do início do jogo, assim que o avistamos, fizemos de tudo para que ele fosse retirado”

Os Reds também disseram que ajudariam nas investigações para descobrir os responsáveis pelo banner “Investigaremos o caso para encontrar quem foram os responsáveis pelo cartaz e atuaremos de acordo com as regras do clube”

A brincadeira de mau gosto do torcedor pode render ao Liverpool uma punição da UEFA, através de uma multa.

O Liverpool volta a campo novamente no próximo domingo, dia 27, contra o Tottenham, em Anfield, em partida válida pela 10ª rodada da Premier League.

LEIA MAIS: