Presidente do Brusque diz que nova arena do clube será histórica

Em entrevista exclusiva ao Torcedores.com, Danilo Rezini falou sobre o ano do Brusque e expectativa da construção da nova arena para o clube.

Vitor Barbosa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação Câmara Municipal de Brusque

Tendo a Havan como principal patrocinadora da equipe do Brusque de Santa Catarina, que disputa a elite do Campeonato Estadual e jogará em 2020 a Série C do Brasileiro, o empresário e dono da Havan, Luciano Hang, deseja dar um salto maior no investimento feito dentro do futebol.

Mantendo suas apostas na equipe de sua cidade natal, Brusque, Luciano já pensa no próximo passo a ser dado pelo clube. Em 2019, o Brusque foi campeão da Série D do Campeonato Brasileiro, o que garantiu o acesso a terceira divisão.

O presidente do clube, Danilo Rezini em entrevista exclusiva ao Torcedores.com comentou um pouco sobre o ano do clube.

“Subimos entre os quatro para a Série C do ano que vem, é uma expectativa que já tínhamos há dois anos e acabamos pela competência campeões nacionais da Série D. O ano foi muito gratificante, com um título inédito para o clube, o que deixou a cidade feliz, satisfeita pelo feito e nos credencia para novas conquistas, sempre com os pés no chão e humildade.”, afirmou.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Com um estádio modesto, com capacidade para 5.000 pessoas, o empresário já trabalha junto ao poder público para a construção de uma arena e dois campos de treinamento, visando a Série C de 2020. A arena Havan ficaria localizada em um terreno cedido pela prefeitura, através de um contrato de comodato, e teria capacidade para 15.000 torcedores. O valor total da obra é estimado em torno de R$ 15 milhões, considerado baixo se comparado com outros estádios brasileiros construído nas últimas décadas.

Sobre a nova arena, o presidente do clube afirma que o dinheiro é totalmente da iniciativa privada e que o estádio será histórico para a cidade de Brusque e para o estado de Santa Catarina.

“Surgiu a ideia por parte do Luciano de construir uma arena para o Brusque, tendo em conta que jogamos em um estádio pequeno, acanhado e que não é nosso. Já houve conversas e sua equipe já buscam orçamentos. Esperamos que em breve comece a ser construída a arena que será histórica para Brusque e Santa Catarina. Talvez não seja a maior, mas será a melhor do estado.”, declarou Danilo.

O futebol de Santa Catarina vive um momento um pouco delicado se olharmos para a primeira e segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Na Série A, os seus dois representantes, Avaí e Chapecoense, se encontram respectivamente na última e penúltima colocação da tabela. Já na Série B, Figueirense e Criciúma integram a zona de rebaixamento para a terceira divisão.

O acesso do Brusque, junto ao título, volta a trazer um pouco mais de esperança ao torcedor catarinense de ver o futebol de seu estado tendo uma evolução.

“É uma responsabilidade muito grande, dentro de nossas limitações vamos fazer o máximo possível, buscando errar o mínimo. Essa conquista consolidou o Brusque como uma grande equipe, sendo respeitada agora em todo estado e no Brasil”, completou o presidente do clube.

Leia Mais:

Série D: clube campeão espera “turbinada” de dono de rede de lojas