Presidente do Palmeiras recebe denuncia do STJD por afirmar que VAR favorece o Flamengo

Maurício Galiotte criticou a arbitragem no Campeonato Brasileiro na 22ª rodada da competição que é liderada pelo clube rubro-negro

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) denunciou o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, nesta sexta-feira (18). Órgão afirmou que críticas feitas à arbitragem do Brasileirão, dizendo que o VAR favorecia o Flamengo na competição, eram impróprias.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

A reclamação feita pelo presidente do Palmeiras aconteceu ao fim da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Galiotte ressaltou que em alguns lances contra o Flamengo não eram revistos pelo árbitro de vídeo.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

O mandatário ainda cita a partida contra o Internacional, em que o atacante Paolo Guerrero é expulso após reclamar de faltas e pênalti não marcado. O lance chegou a ter pedido de desculpas pela própria Confederação Brasileira de Futebol (CBF) semanas depois.

“Em muitos lances, o VAR não tem atuado em jogos do Flamengo, isso é fato. Ontem foi um exemplo. Tem o jogo do Internacional também, no Maracanã. A gente vem a público pedir uma arbitragem que apite igual para todos”, afirmou o presidente do Palmeiras.

Maurício Galiotte pode ser enquadrado no artigo 258, inciso II, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). O STJD afirma que o palmeirense assume “qualquer conduta contrária à disciplina” e desrespeita “os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões”.

A pena para o presidente do Palmeiras pode ser de 15 a 180 dias e isso pode aumentar o seu histórico com a Justiça Desportiva. Em 2018, Maurício Galiotte chegou a ser suspenso por 45 dias do TJD-SP por criticar a final do Campeonato Paulista, contra o Corinthians, por suposta interferência externa.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

LEIA MAIS:

Notícias do Palmeiras: desfalque, clube-empresa e Dudu sincero; veja o que rolou nesta sexta (18)

Presidente do Palmeiras minimiza déficit de R$ 33 milhões e ressalta “estratégia agressiva” por títulos