Presidente do Remo assegura Eduardo Ramos e Neto Baiano para 2020 e avalia primeiro ano de mandato

Fábio Bentes concedeu entrevista coletiva no decorrer de quarta-feira (9)

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 26 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Samara Miranda/Ascom Remo

Com vínculo oficializado para a temporada 2020 do futebol brasileiro, o meio-campista Eduardo Ramos e o centroavante Neto Baiano não terão os contratos rescindidos. É o que garante o presidente do Remo, Fábio Bentes, em entrevista coletiva concedida na quarta-feira (9).

“Permanecem. Têm contrato com o clube”, inicia Fábio Bentes. “No contrato reza que, nesse período que o clube ficasse sem jogo, haveria uma redução salarial”, acrescenta o presidente do Remo.

“Eles inclusive foram liberados pra viajarem pras suas respectivas cidades”, prosseguiu o mandatário.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

A permanência da dupla pode ser crucial para que o Remo contrate um novo treinador. Isso porque, segundo Fábio Bentes, o atual técnico azulino, Eudes Pedro, interpreta que Eduardo Ramos e Neto Baiano não se encaixam com a metologia de trabalho.

“Ele (Eudes Pedro) colocou o ponto de vista dele, forma de jogar, estilo de jogo, que não combinava. Não seria nada depreciativo ao atleta A, B ou C. Enfim, mostrei pra ele que a forma que ele estava tratando o assunto era equivocada”, disse o presidente do Remo.

Avaliação de mandato

Fábio Bentes está na reta final do primeiro ano de mandato. Dentro de campo, o Remo foi bicampeão estadual, semifinalista na Copa Verde, mas eliminado na primeira fase da Copa do Brasil e Série C.

Além disso, o Mais Querido voltou a jogar na casa própria, o estádio Baenão. “Conseguimos manter em dia os salários dos jogadores, funcionários e profissionais da comissão técnica”, lembrou.

“Isso também fez toda a diferença no decorrer do ano. Infelizmente os principais objetivos não foram alcançados, mas a gente entende que plantou muita coisa para o ano que vem”, concluiu o mandatário.

O mandato de Fábio Bentes como presidente do Remo encerra no final de 2020.

Leia também:

Presidente do Remo não garante permanência de Eudes Pedro e diz sobre contratação de executivo: “até semana que vem a gente define”