Robert Whittaker mira retorno para início de 2020

Neo-zelandês Robert Whittaker perdeu recentemente o cinturão dos médios do UFC

Dario Ferrari Rocha Teixeira
Escrevo sobre lutas em geral no Torcedores.com. São Paulino, fã do New England Patriots, Los Angeles Lakers e Los Angeles Dodgers. Noivo da Thays Gomes Lima.

Crédito: Reprodução | Instagram: Robert Whittaker.

Ex-campeão peso-médio do Ultimate, o neo-zelandês Robert Whittaker perdeu seu cinturão no início deste mês de outubro para o nigeriano agora campeão linear Israel Adesanya, mas engana-se quem achou que o lutador iria tirar um longo período de ‘férias’.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

De acordo com o podcast ‘GrangeTV’, Robert Whittaker não irá tirar férias, pois o lutador está mirando um retorno rápido, para no máximo, março do ano de 2020.

“Não pretendo tirar um longo tempo de folga. Obviamente, tenho que me dar um tempo adequado de tempo de descanso para o meu cérebro, mas quero voltar e apenas voltar ao trabalho. É o que eu faço. (…) Se minha saúde estiver boa, volto em fevereiro, março do próximo ano. Isso não é fora do comum. Eu acho que seria bom. As pessoas podem não saber disso, mas eu já perdi antes. Já perdi antes e voltei melhor e é exatamente isso que pretendo fazer. Não tenho a ilusão de que eu era imbatível; todo mundo pode vencer todo mundo em um determinado dia. Só vou cuidar das minhas feridas, voltar para os tatames na segunda-feira, começar a treinar novamente e tentar derrotar o próximo cara”, disse.

Leia mais no TORCEDORES.COM: