Rodrigo Caio comenta suposta falta de fair play do Grêmio: “Vai da consciência de cada um”

Equipe do Grêmio marcou um gol com Filipe Luís, no campo de ataque, deitado no gramado sentindo muitas dores

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Enquanto Filipe Luís ainda sofria com dores no joelho, estirado no chão, Pepê afundava a bola para as redes e igulava o placar na Arena: Grêmio 1×1 Flamengo, pela ida da semifinal da Libertadores, nesta quarta-feira. Antes do lance ser concluído, outros jogadores gremistas tiveram a chance de parar a jogada para o atendimento do lateral-esquerdo, mas o lance prosseguiu.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Até porque o árbitro argentino Nestor Pitana também não sinalizou a parada. Assim, a bola rodou de pé em pé entre os gremistas e foi morrer no fundo das redes. O zagueiro Rodrigo Caio evitou fazer críticas à postura rival, mas avaliou:

Confira a classificação, tabela de jogos e artilheiros da Libertadores 2021

“Eu acho que é difícil a gente falar, é o pensamento de cada um, a consciência de cada um. Um lance que poderia ter acontecido, o Everton ou alguém do Grêmio ter jogado a bola para fora. Mas vai da consciência de cada um”, destacou.

Para quem não lembra, o zagueiro protagonizou um gesto de fair play enquanto defendia o São Paulo em 2017. Em um clássico contra o Corinthians, no Morumbi, ele “tirou” um cartão amarelo atribuído a Jô e acusou o seu próprio toque involuntário no goleiro.

Envolvido diretamente na jogada, Filipe Luís lamentou:

“Eu sou a favor do fair play, sempre que tem uma jogada desse jeito peço para devolver a bola. Eles escolheram não ter o fair play, fizeram o gol… É do futebol”.

Quer saber quem chega e quem sai dos clubes do Brasil e do mundo?

 

Sem ironias, o técnico Jorge Jesus concordou com a atitude do Grêmio em não jogar a bola para fora e disse que o Flamengo fará o mesmo se acontecer uma situação semelhante no futuro. O duelo de volta está marcado para o dia 23, no Rio de Janeiro.

LEIA MAIS:

Dirigente do Grêmio se incomoda com Fox Sports e aconselha torcedor a trocar de emissora

Renato admite que Grêmio não viu a bola no 1° tempo, mas lembra: “Gostamos de jogar no Maracanã”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram