Santos vence Palmeiras por 2×0 na Vila Belmiro e ultrapassa rival na tabela do Brasileirão

O Santos venceu com propriedade o Palmeiras por 2×0 em jogo válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Diego Lucio Castro de Oliveira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Twitter Oficial - Santos FC

O JOGO

Começo lá e cá! As duas equipes mostrando que vieram pra atacar. Mas o Santos logo fez valer o fator casa e abriu o placar com Gustavo Henrique. Menos de cinco minutos depois, Marinho fez mais um. O Palmeiras sentiu o golpe e não conseguiu criar chances perigosas de gol ao goleiro Everson. O domínio santista continuou na segunda etapa e mesmo com a queda de ritmo, se fez presente até o final da partida.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

1º TEMPO

O jogo começou muito movimentado na Vila Belmiro. Ambas as equipes entraram com propostas ofensivas para o duelo. E isso se converteu em chances de gol, principalmente do lado santista. Jean Mota de falta, e Sasha e Tailson em jogadas individuais, levaram perigo antes dos cinco minutos. O Palmeiras conseguiu responder aos sete, em chute colocado de Scarpa que foi pra fora.

Aos 11, mais uma chegada do Peixe. Em tentativa travada de Sasha, a bola sobrou pra Carlos Sanchez que finalizou por cima. Continuou só dando Santos, e logo aos 13, veio o prêmio pela pressão. Falta cobrada pelo próprio Sanchez, na cabeça de Gustavo Henrique. O zagueiro subiu livre e abriu o placar. Santos 1×0 Palmeiras.

O Palmeiras ‘apagou’ de vez e a pressão do Santos continuou. Aos 15, Pituca chutou forte e Jaílson defendeu pra frente. Marinho entrou livre e aproveitou o rebote de primeira pra marcar o segundo gol. O bandeirinha anulou, mas após revisão do VAR, o gol foi validado. Santos 2×0 Palmeiras.

Pra piorar, o Palmeiras perdeu Luiz Adriano lesionado aos 23 minutos. Carlos Eduardo entrou em seu lugar.

O ritmo do jogo diminuiu naturalmente, e em desvantagem, o Verdão começou a ter mais posse e finalizar com perigo ao gol. Scarpa e Dudu foram as melhores alternativas e foram os que mais deram trabalho. O Santos começou a utilizar do contra-ataque e também trouxe perigo, principalmente com o jovem Tailson e com Marinho. Sempre pelas pontas. Apesar das boas chances, o placar ficou nisso.

2º TEMPO

A segunda etapa foi ainda mais santista. Enquanto o Palmeiras mostrava nervosismo para atacar, o Santos controlava bem o jogo. Marinho continuava infernizando a vida de Diogo Barbosa pelo lado direito ofensivo do Santos. Sasha se movimentava bem entre os zagueiros também dava trabalho.

Mano Menezes tentou alguma coisa diferente, quando tirou Gustavo Scarpa e colocou Zé Rafael no meio de campo. O setor era justamente, onde o Santos deitou e rolou durante a partida. Controle total de Sanchez e companhia.

Mais uma vez, o Santos diminuiu o ritmo da partida. Sempre com posse de bola superior, e com boa recuperação quando estava sendo atacado pelo Palmeiras. E se já estava difícil com 11, ficou mais difícil pro Verdão com 10. Willian Bigode deu duro carrinho em Pituca. Com auxílio do VAR, o árbitro deu cartão vermelho para o atacante do Palmeiras.

A partir daí, o jogo conseguiu ficar ainda mais no controle do Santos. E com direito a ‘Olé’ da torcida, o jogo terminou assim.

O Santos ultrapassa o Palmeiras na tabela do Brasileirão e agora é o vice-líder. Ambas as equipes tem 47 pontos, mas o time da Vila Belmiro tem 14 vitórias contra 13 do rival.

LEIA MAIS
FAQ: o que sabemos até então sobre o afastamento médico de Galvão Bueno