Sport: Elogiado por Guto Ferreira, Carmona destaca bola parada como ponto forte

Leão arrancou empate em Salvador no último lance da partida graças a Pedro Carmona

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Anderson Stevens - Divulgação - Sport

O meia Pedro Carmona foi decisivo para o Sport conquistar um importante ponto na Série B na última quinta-feira (03), na Arena Fonte Nova. Após ver o Vitória abrir 2 a 0, o rubro-negro conseguiu buscar a igualdade já nos acréscimos do jogo, justamente nos pés do camisa 19.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Herói no empate, o jogador reconheceu que não teve a intenção de bater direto para o gol, e que contava com algum desvio sútil de algum companheiro, contudo, destacou que o ofício é uma das suas especialidades.

“Era uma bola com a intenção de bater em gol, mas nunca fazer o gol dali, mas qualquer ‘casca’ a bola poderia entrar” – afirmou Carmona que entrou na segunda etapa de jogo.

“Um ponto que eu tenho. Minha característica e eu consegui ajudar o Sport. O Vitória é um grande time, apesar da posição na tabela. Foi um tento muito importante para nós” – concluiu o meia rubro-negro.

ELOGIOS DE GUTO

Na coletiva pós-jogo, o técnico Guto Ferreira enalteceu o poder de decisão do seu jogador e também comemorou o ponto conquistado.

“A partir da entrada do Carmona, cobrando as jogadas de bola paradas, eles começaram a se incomodar. O Pedro fez a diferença. Quando não dá pra ganhar, temos que levar pontos. – frisou o comandante do Leão.

COMO FICA?

Com o empate, o Sport chegou aos 45 tentos e igualou a pontuação do vice-líder Atlético-GO, no entanto, leva desvantagem nos critérios de desempate. O próximo desafio rubro-negro está marcado para o próximo segunda-feira (7), às 20h (de Brasília), diante do CRB, no Rei Pelé.

LEIA MAIS:

Sport: Willian Farias exalta qualidade do elenco e afirma que equipe “destoa” na Série B

Diretor do Sport exalta Mailson: “Tem potencial para ser Dida”