Técnico da Alemanha não entra em polêmica e confirma rodízio entre Neuer e Ter Stegen

Joachim Löw terá Ter Stegen titular contra a Argentina e Neuer contra a Estônia

Vinícius Rodrigues Alves
Advogado por formação, roqueiro de criação e escritor por opção!

Crédito: Reprodução/Facebook Germany Football Team

A seleção da Alemanha tem vivido dias agitados. A polêmica está no nome de quem deve ser o goleiro titular da equipe.

Marc-André Ter Stegen vive um grande momento, motivo que o levou à titularidade da equipe na vaga de Manuel Neuer.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! 

A decisão do treinador causou a resolva do presidente do Bayern de Munique, Uli Hoeness, clube de Neuer, que ameaçou não ceder mais jogadores à seleção nacional caso Ter Stegen seja o titular.

O técnico alemão Joachim Löw convocou ambos goleiros para a seleção anunciando que o goleiro do Barcelona seria o titular na partida amistosa contra Argentina e Neuer voltaria à equipe principal no jogo contra a Estônia, válido pelas eliminatórias para a Eurocopa.

Com o impasse criado pelo presidente do Bayern, coube ao treinador se pronunciar a respeito já dizendo que Neuer ainda é o “número 1” do time:

“Nós apenas temos que estar felizes por termos dois goleiros de grande qualidade. Eu já disse que Neuer é nosso capitão e, para as partidas da Eurocopa, ele é nosso número 1 se nada anormal acontecer . Mas é claro que todos os jogadores estão sob o critério de rendimento. Conversamos com os jogadores e decidimos que Ter Stegen jogará contra a Argentina e Neuer contra a Estônia “, disse Löw em entrevista coletiva.

As novidades da última convocação estão na volta de Toni Kros e a estreia de Nadiem Amiri, de apenas 21 anos e que atua no Bayer Leverkusen.

CONVOCADOS DA ALEMANHA

GOLEIROS: Manuel Neuer (Bayern Munique), Bernd Leno (Arsenal), Marc-André ter Stegen (Barcelona)

DEFENSORES: Jonas Hector (Colonia) , Matthias Ginter (Borussia Mönchengladbach), Jonathan Tah (Bayer Leverkusen), Lukas Klostermann (RB Leipzig), Niklas Süle (Bayern Munique), Marcel Halstenberg (RB Leipzig), Niklas Stark (Hertha Berlin).

MEIAS/ATACANTES: Joshua Kimmich (Bayern Munique), Kai Havertz (Bayer Leverkusen), Toni Kroos (Real Madrid), Timo Werner (RB Leipzig), Julian Brandt (Borussia Dortmund), Marco Reus (Borussia Dortmund), Nadiem Amiri (Bayer Leverkusen), Luca Walschmidt (Freiburg), Serge Gnabry (Bayern Munique), Ilkay Gündogan (Manchester City), Emre Can (Juventus).

LEIA MAIS

Em comunicado oficial, Real Madrid sai em defesa de Courtois sobre suposto quadro de ansiedade

“Novato” da Juventus rasga elogios para Cristiano Ronaldo: “Muito receptivo”