Técnico do Colo-Colo será julgado após gesto contra própria torcida; entenda

Mario Salas pediu silêncio da torcida após vitória do Colo-Colo no último minuto. Tribunal Disciplinar da competição denunciou o comandante e promete julgá-lo nos próximos dias

Jéssica De Paula Alves
Jornalista amapaense migrada em Belo Horizonte (MG). Nascida em março de 1990, é gremista e adora esportes desde a infância. Faixa branca em jiu-jitsu, também é fã de rock e ama unir suas paixões.

Crédito: Divulgação/Colo-Colo

Um gesto aparentemente inofensivo pode se tornar um grande problema para o técnico do Colo-Colo, Mario Salas. No último sábado (5),  Colo-Colo derrotou a Universidad de Chile no maior clássico do futebol local. Mas após o jogo, o técnico Mario Salas, questionado pela torcida, se voltou para os torcedores do Colo-Colo e colocou o dedo na boa para pedir silêncio.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Contudo, o gesto não foi visto com bons olhos pelo Tribunal Disciplinar da competição. Assim, o órgão denunciou o comandante e promete julgá-lo nos próximos dias. Ele poderá ser punido com até três jogos fora da área técnica, de acordo com o site Futebol Latino.

O gesto contra a própria torcida foi visto como uma verdadeira ofensa a alguns conselheiros do Colo-Colo, que pedem a sua saída ao término da temporada. O contrato de Mario Salas vai até dezembro deste ano e o time chileno está na segunda colocação do torneio nacional, com 39 pontos, 14 a menos que a líder Universidad Católica e mais sete jogos em disputa.

LEIA MAIS

Colo-Colo tenta contratar o meia Valencia do Botafogo