Tenista é suspenso por não denunciar caso de apostas

O tenista argentino Federico Coria foi suspenso por dois meses após investigações por apostas

Brendo Romano
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Instagram oficial de Federico Coria

Federico Coria foi suspenso por dois meses, por não denunciar as autoridades o recebimento de uma proposta para manipulação de resultado, o atleta ainda teria rejeitada a oferta recebida.

As investigações ocorreram por três anos, foram diversas conversas com advogados, levantamentos de provas e ida aos tribunais, em Miami. Em 2018, o caso teve um desfecho e o atleta foi suspenso por dois meses.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Segundo o tenista. “No meu depoimento, eu disse que não tinha como denunciar. Na minha opinião, deveriam ter vários regulamentos porque não é o mesmo viver na América do Sul do que na Suíça ou na Alemanha. Recebemos ameaças, pessoas que dizem o nosso endereço, que sabem onde a gente vive. Não sei, mas acho que eles não entendem que aqui no Brasil ou na Argentina nos matam por um celular. Eles não entendem e vão muito ao limite das regras. E as regras são assim. Eles têm razão, eu também acho que eu tenho razão. É um assunto muito difícil”, disse o argentino em entrevista ao Globoesporte.com.

As preocupações dos dirigentes de tênis são maiores em escalões inferiores, principalmente as apostas e manipulações de resultados. Em 2008, foi criado a TIU (Tennis Integrity Unit), um comitê anticorrupção no esporte. Nos últimos anos eles estão trabalhando em diversas investigações para acabar com as práticas que cercam o esporte.

Punição e outro tenista envolvido em esquemas de combinações de resultados

Federico Coria é o atual 148° do ranking da ATP, ele foi um dos tenistas que sofreram punição, Além de ter pegado inicialmente uma suspensão de oito meses, posteriormente, sua pena foi reduzida para apenas dois meses. Além, de ter sido multado em US$ 5 mil.

Outro atleta que sofreu punições da entidade foi Nicolas Kicker, punido com 6 anos fora das quadras, o tenista foi acusado ter aceitado a proposta para manipulação de resultado. Entretanto, Federico Coria não manipulou resultados, e não aceitou nenhuma proposta. O Atleta foi suspenso por não denunciar a TIU, que havia recebido a proposta. A entidade instrui que os tenistas relatem ao comitê, atos suspeitos acerca desse tema.

LEIA MAIS: 

Tênis: após perder para Murray, tenista dá fortes tapas no rosto