Tite revela ajustes que está buscando fazer na seleção

O treinador disse que mudaria o time caso o resultado contra Senegal tivesse sido melhor

Samuel de Brito
Colaborador do Torcedores

Crédito: Pedro Martins / MowaPress

Na entrevista coletiva concedida hoje (12) na véspera da partida amistosa contra a Nigéria, Tite foi perguntado sobre as mudanças que ele irá promover ou não na equipe em relação ao jogo contra Senegal. Ele revelou que mudaria a equipe caso o primeiro jogo tivesse sido satisfatório:

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

“E tem uma lógica em relação a isso. Eu digo que tu não consegues fazer duas, três coisas ao mesmo tempo, se não uma atrapalha a outra. Se eu estou buscando algumas opções em termos táticos e posição, função, fase ofensiva, fase defensiva”.

Ele falou ainda que busca equilíbrio, que o time não possui desde a Copa América: “E equilibrar essa equipe, a equipe está desequilibrada e procura se equilibrar, então ela serviu pra mim fazer esses ajustes. Se tivesse tido essa situação, aí eu tinha oportunizado, porque a equipe está ajustada, mas não dá para fazer duas, três coisas ao mesmo tempo.”

Ele explicou algumas funções que podem ser alteradas dentro de campo: “De dois jogadores de velocidade ou três articuladores, antes a gente tinha uma composição até de cinco, com o Coutinho, Firmino, Neymar vindo buscar, movimentos de frente para trás e um que atacava espaço”.

E encerrou dizendo que, se tudo correr bem, as oportunidades irão aparecer para os outros: “Então prioriza esse ajuste, esse equilíbrio e dentro do próprio jogo tu pode oportunizar mais”.

O jogo entre Brasil e Nigéria acontece às 9 horas (de Brasília) deste domingo.

LEIA MAIS