Tite rebate críticas sobre tratamento a Neymar na seleção: “Não passamos a mão na cabeça de ninguém”

Treinador recebeu muitas críticas por ter convocado o jogador nas últimas partidas da seleção

Rogério Araujo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

O técnico Tite voltou a ser questionado sobre Neymar durante entrevista coletiva nesta quarta-feira (9) em Singapura, onde a seleção brasileira enfrenta Senegal em amistoso, às 9h (de Brasília) desta quinta-feira (10).

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Tite reagiu às críticas recebidas sobre o tratamento com seu principal jogador dentro da seleção. O treinador chegou a lembrar do caso Neymar (quando o jogador foi acusado de estupro). Ele ainda citou outros jogadores para se justificar.

“As informações que vocês têm não são a realidade que nós temos. Não vou falar publicamente algumas coisas, não tenho esse direito. Temos relação de dizer o que é certo, o que é errado. Respeito quem fala, mas não tem a devida avaliação. Vou fazer o quê? A minha verdade e a minha consciência são maiores. Tenho muita paz comigo mesmo. Não pago preço para ficar bajulando jogador nenhum”, afirmou Tite

“Não passamos a mão na cabeça de ninguém. Ninguém se engana. Isso não faço. Faço o que tenho que fazer com Neymar, com Marquinhos, com Gabriel Jesus… não tenho isso”, completou.

O treinador voltou a falar do caso Neymar, que aconteceu antes da Copa América. O jogador se lesionou e não disputou a competição.

“Não pago preço para ficar bajulando jogador nenhum. Isso é a minha educação, não como técnico. Como ser humano. Falei à época da Copa América que a verdade vem à tona, com o tempo. O tempo pode proporcionar (avaliações). Recebi 30 perguntas sobre o que aconteceu com ele, disse para terem calma antes de julgar. Tive que responder com pré-julgamento a respeito dele. Foi horrível de tratar. Deixo o tempo, não julgo ninguém. Mas me incomoda sim (essas críticas), principalmente fazerem julgamento sem informações, sem saber a conduta”, declarou Tite.

A partida entre Brasil x Senegal será no estádio Nacional de Singapura. No domingo, também às 9h (de Brasília), a seleção de Tite enfrenta a Nigéria no mesmo local.

Para o primeiro duelo, a equipe titular foi confirmada pelo treinador: Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva, Alex Sandro; Casemiro, Arthur; Coutinho, Gabriel Jesus, Neymar e Firmino.

LEIA MAIS: