Tufão Hagibis ganha força e jogos da Copa do Mundo de Rugby seguem ameaçados

Os organizadores da Copa do Mundo de Rugby 2019 no Japão estão de olho no tufão Hagibis, que segue ganhando força e deve chegar a Tóquio neste sábado

Rodrigo Nascimento
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Agência Meteorológica do Japão (JPM)

Apesar de todos os elogios que tem ganhado nos últimos dias devido a organização da Copa do Mundo de Rugby no Japão, os organizadores da maior competição da modalidade estão preocupados com a chegada do Super Tufão Hagibis ao país, prevista para o próximo sábado (12).

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

De acordo com a Agência Meteorológica do Japão, o Tufão Hagibis ganhou força nas últimas horas, e neste momento está a 900 milhas ao Sul de Tóquio, capital do país, avançando com a velocidade estimada de 190 km/h e com rajadas de ventos que chegam a 270 km/h.

Por conta do tufão, dois jogos da Copa do Mundo de Rugby 2019 correm o risco de não serem disputados: Inglaterra e França no sábado (12), valendo a liderança do Grupo C, e Escócia e Japão no domingo (13), valendo a classificação para a fase de quartas de final.  Ambos os duelos estão marcados para Yokohama, que fica a 17 milhas ao sul de Tóquio.

O meteorologista da BBC, Simon King, comentou a respeito do Tufão Hagibis e explicou os impactos que ele deve causar neste fim de semana:

“É equivalente a um furacão de categoria cinco, tornando-o um dos ciclones tropicais mais poderosos do mundo este ano”, explicou King a BBC. “O tufão começará a enfraquecer à medida que avançar para o norte. No entanto, as previsões do centro de Alerta de Tufões e do Serviço Meteorológico Japonês sugerem que chegará ao sul de Honshu, ao redor da área de Tóquio no sábado.”

“A essa altura, ele ainda será classificado como um ‘tufão muito forte’, com rajadas de vento acima de 160 km/h e trará entre 200-500 mm de chuva, provavelmente gerando inundações.”

A organização da Copa do Mundo de Rugby já confirmou uma coletiva de imprensa para esta quinta-feira (10), para explicar quais serão as medidas tomadas a respeito dos dois jogos que estão sob risco.

De acordo com algumas fontes, existe a possibilidade do jogo de sábado entre Inglaterra e França mudar de Yokohama para Oita, porém, enquanto o primeiro local tem capacidade para 70 mil pessoas, o segundo tem capacidade para apenas 40 mil.

Já o jogo entre Japão e Escócia seria adiado para o dia seguinte, segunda-feira (14). Porém, essa possibilidade é extremamente remota, uma vez que a própria organização já havia declarado antes do inicio da competição, que seria impossível mudar as datas dos confrontos.

Caso as partidas não sejam disputadas, será declarado empate, ou seja: dois pontos para cada uma das equipes. No Grupo C o impacto seria menor, já que a Inglaterra ficaria com a liderança enquanto a França seria a segunda colocada, ambas avançando de fase. No caso de Japão e Escócia, os donos da casa avançariam de fase, enquanto os escoceses seriam eliminados da competição.

LEIA MAIS:
Springboks vence o Canadá na Copa do Mundo de Rugby com hat-trick recorde de Reinach
Copa do Mundo de Rugby 2019: Argentina se despede com vitória; Gales garante vaga nas quartas