Vasco é condenado a pagar valor milionário a antigo vice de futebol da gestão de Eurico Miranda

O clube carioca terá de desembolsar cerca de R$ 7,7 milhões ao conhecido Zé do Taxi

Gabriel Maiante
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Fabiano Rocha/ Vasco

O Vasco da Gama não passa por uma situação financeira muito boa. A princípio, a boa fase que o time vem passando dentro de campo não condiz com as finanças do clube. Entretanto, a situação pode vir a se agravar.

José Luis Moreira, conhecido como Zé do Taxi, foi vice de futebol nos mandatos do falecido Eurico Miranda. Logo, em 2018 o ex-funcionário do clube iniciou uma disputa judicial onde cobrava aproximadamente R$ 8 milhões do Vasco por antigos empréstimos cedidos ao clube.

Na ocasião, o Vasco acabou tentando entrar em acordos para futuros parcelamentos da dívida, mas o processo acabou a não se desenrolar. No entanto, a justiça deu a causa ganha ao antigo vice, e o Cruzmaltino terá de desembolsar cerca de R$ 7,7 milhões.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? clique aqui e se inscreva!

Só para ilustrar, em 2018, Zé do Taxi chegou a abrir mão dos juros, mas as partes não chegaram a um acordo. Ainda não se sabe como o pagamento vai ser realizado. O andamento do processo deve ocorrer nas próximas semanas.

Vale lembrar que em 2018 o Vasco teve o maior superavit da década. O clube carioca teve um faturamento positivo de R$ 64,93 milhões. Porém, em 2019 algumas dívidas e imprevistos começaram a surgir. Fora isso, o maior motivo da boa arrecadação em 2018 foram as vendas de peças importantes do elenco, como Paulinho e Matheus Vital.

 

LEIA MAIS

Internacional intensifica interesse em Eduardo Coudet, mas Racing acredita na permanência do treinador