Vasco perde disputa e é obrigado a pagar R$ 1,4 milhão a Alberto Valentim

O treinador hoje no Botafogo cobrava dívida referente a multa rescisória, 13° salário e férias vencidas

Gabriel Maiante
Colaborador do Torcedores.com.

O Vasco da Gama foi condenado pelo juiz Marcelo José Duarte Rafaelle, da 64a Vara do Trabalho do Tribunal Regional da Primeira Região a pagar uma indenização ao ex-treinador Alberto Valentim.

A princípio, o treinador hoje no Botafogo cobrava alguns direitos não pagos anteriormente pelo clube que dirigiu até o mês de abril deste ano. Dentre as cobranças estão valores referentes as férias vencidas, 13° salário e multa rescisória não paga.

De acordo com o que foi apurado pelo Esporte Interativo, o juiz deu a causa ganha ao treinador. Assim, o Cruzmaltino terá de desembolsar cerca de R$ 1,4 milhão ao ex-comandante. Vale lembrar, que nessa semana o Vasco foi condenado a pagar R$ 7,7 milhões a José Luiz Moreira por não devolver o valor de antigos empréstimos.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? clique aqui e se inscreva!

Dessa forma, ainda não se sabe como será feito o pagamento do valor de ambos os processos. Só para ilustrar, o clube carioca em 2019 utilizou o adiantamento de parte das cotas de televisão que serão descontadas até 2024.

Entretanto, apesar da fase financeira considerada ruim, até mesmo com alguns atrasos salariais. No fim de 2018 o clube teve um superavit de aproximadamente R$ 65 milhões de reais. Dessa maneira, suas dívidas diminuirão em um primeiro momento.

Muito desse valor tem por consequência a venda de alguns jogadores como Paulinho e Matheus Vital que foram vendidos em 2018 pela equipe carioca.

LEIA MAIS

Vasco é condenado a pagar valor milionário a antigo vice de futebol da gestão de Eurico Miranda