Volante do Ceará aponta equilíbrio como solução de crise técnica

Ricardinho declarou saber solução para manter regularidade durante partidas sem comprometer desempenho coletivo e equilíbrio para vencer os adversários

Severino José da Silva
Colaborador do Torcedores

Crédito: Mauro Jefferson/Cearasc.com

Em jejum de partidas sem vitória no Brasileirão, o Ceará busca equilíbrio durante confrontos para superar os adversários. Para o volante Ricardinho, o Ceará deve aproveitar o fator casa para vencer, mas os resultados dizem o contrário.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Com bastante lucidez,  reconhece que time não tem desempenho esperado, principalmente no primeiro tempo. Para ele falta harmonia. O atleta defendeu a necessidade de efetividade durante todo o jogo.

Segundo matéria apresentada no jornal “O Povo”, o Ceará é a segunda equipe que mais se mantém no campo ofensivo, mas essa postura não tem garantido bons resultados. Também finaliza em média 12 vezes por jogo, todavia essas tentativas não resultam em gols. Constatou que tal atitude mostra a falta de solidez do ataque.

Visão estratégica: imposição e harmonia

Ricardinho demonstrou ampla visão estratégica e bastante conhecimento de futebol.  É um jogo de duelo, de sobressair o adversário e reconhece “ser muito difícil para uma equipe conseguir se impor durante os 90, 100 minutos…”. Para o jogador, a equipe deve se impor por mais tempo, porém, com harmonia.

O volante foi bastante enfático afirmando que, para vencer, não pode oscilar, mas manter a regularidade. Com convicção,  acredita na efetividade para ter competitividade. Autor de um gol e quatro assistências no Brasileirão 2019, o atleta sabe que o Ceará precisa ter regularidade, porém, mais equilíbrio.

Desempenho e classificação

Em 23 jogos do Campeonato Brasileiro deste ano, o time cearense conquistou apenas seis vitórias, perdeu 12  e empatou cinco. A equipe marcou 22 gols, porém, sofreu 24, tendo assim, saldo negativo de 2. Ocupa a 16ª posição no campeonato, uma apenas acima da zona de rebaixamento.

No último domingo, para desespero dos seus torcedores, o time perdeu mais uma, outra vez em casa, sendo batido pelo time do Goiás, por 1 a 0. Com tal desempenho, resta ao torcedor a esperança que  o equilíbrio durante confrontos para superar os adversários, surja já no próximo jogo.

Leia Mais:

CBF atende e Atlético-MG irá analisar áudio de jogo contra Ceará
Lisca revela contato com o Ceará e explica motivo para não ter acertado retorno