Zverev rasga elogios a Medvedev antes da decisão em Xangai: “Melhor jogador na atualidade”

Alemão enfrenta o russo na decisão do Masters 1000 de Xangai

Felipe Gomes da Costa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Facebook ATP Tour

Neste domingo (13), os tenistas Daniil Medvedev (quatro no ranking da ATP) e Alexander Zverev (seis do mundo) se enfrentam na decisão do Masters 1000 de Xangai. A partida tem previsão de início às 5h30 no horário de Brasília. Antes do importante duelo, o alemão rasgou elogios ao adversário. Em entrevista veiculada no site Bola Amarela, Zverev declarou que, em sua opinião, o russo é o melhor tenista na atualidade.

Elogios de Zverev a Medvedev

Na história do confronto no circuito profissional, os tenistas se enfrentaram em quatro ocasiões e todas foram vencidas pelo alemão. Apesar do histórico amplamente favorável, Zverev negou que tenha vantagem para a decisão e reconheceu a expressiva evolução de Medvedev.

“Jogamos alguns confrontos fantásticos e ganhei todos eles, mas agora a situação é bem distinta. Nunca jogamos uma final e agora ele está jogando um nível muito alto”, reconheceu.

O alemão também elogiou a qualidade do russo, que chega à sexta final seguida.

“É a sua sexta final consecutiva e ganhou torneios de grande destaque, como Cincinnati, e foi finalista em um Grand Slam (US Open). Atrevo-me a dizer que é o melhor jogador do circuito na atualidade. Vou ter que dar o meu melhor se quiser ganhar e sair de Xangai como campeão”, afirmou.

Na incrível sequência, Medvedev foi vice-campeão em Washington, Montreal e no US Open, além de ter conquistado os torneios de Cincinnati e São Petersburgo.

Campanha dos tenistas em Xangai

Em sua campanha no Masters 1000 de Xangai, Medvedev não perdeu um set sequer. Com muita consistência, o russo eliminou o britânico Cameron Norrie (64º colocado), o canadense Vasek Pospisil (248º colocado), o italiano Fabio Fognini (12º colocado) e o grego Stefanos Tsitsipas (sétimo colocado).

Zverev também apresentou alto nível na competição. Em sua caminhada, o alemão perdeu apenas um set: para o suíço Roger Federer (terceiro colocado). Em sua trajetória no torneio, o jovem tenista eliminou o francês Jérémy Chardy (71º colocado), o russo Andrey Rublev (33º colocado), Federer e o italiano Matteo Berrettini (13º colocado).

Tanto o alemão quanto o russo buscam o primeiro título no Masters 1000 de Xangai.

Leia mais: Tenista é suspenso por não denunciar caso de apostas

Masters 1000 de Xangai: confira os melhores momentos da incrível vitória de Tsitsipas sobre Djokovic