África do Sul conquista sua terceira Copa do Mundo de Rugby

Assim como na edição de 2007 da Copa do Mundo de Rugby, a África do Sul venceu a seleção da Inglaterra e faturou seu terceiro título

Matheus Ornellas
Colaborador do Torcedores

Crédito: Instagram da Rugby Worldcup

A África do Sul venceu a Copa do Mundo de Rugby 2019, após vencer a Inglaterra por 32 a 12. Com uma grande partida de todo seu time, os sul africanos dominaram os ingleses e conseguiram vencer a Copa do Mundo pela terceira vez.

Você já conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Primeiro tempo

Pressão da África do Sul

Tanto Inglaterra quanto a África do Sul tinham grandes chances de pontuar com chutes. No primeiro minuto a seleção dos sul africanos tiveram sua primeira chance, porém não conseguiram converter o chute. Os ingleses demonstraram que a proposta de jogo seria a mesma das semifinais: controlar o relógio e jogar de sem dar espaços. Porém, os Springboks estavam a todo vapor, pressionando seu adversário e deixando a Inglaterra sem espaços. Em um erro inglês, a África do Sul conseguiu seus primeiros três pontos, com Handre Pollard converteu um penalty.

Inglaterra empata, mas Springboks recuperam a liderança

Só com 20 minutos do primeiro tempo, a Inglaterra conseguiu passar do meio campo para tentar criar oportunidades de pontuar. E, assim como foi contra os All Blacks, a seleção inglesa não desperdiçou oportunidades. Após penalty da África do Sul, Owen Farrell empatou a final da Copa do Mundo de Rugby. Porém, menos de 2 minutos depois, os ingleses cometeram um erro com a bola e, após um Scrum, cederam mais um penalty. Ele foi novamente convertido por Handre Pollard.

África do Sul se salva do Try, mas cede novamente o empate

Os ingleses foram se soltando cada vez mais com o passar do primeiro tempo. Ofensivamente conseguiu produzir em cima da África do Sul. Os Springboks mostraram toda sua capacidade defensiva segurando a Inglaterra a menos de um metro do Try, mas acabou cometendo mais um penalty dentro de seus 22 metros. Mais uma vez Owen converteu, agora aos 35 minutos.

Andre Pollard aparece no final do primeiro tempo

Os Springboks pareciam acordar a chama toda vez que a Inglaterra crescia. Pressionando demais,  a seleção da África do Sul conseguiu dois penaltys ainda no primeiro tempo (aos 39 e 43). Andre Pollard converteu ambos os chutes, dando números finais ao primeiro tempo da Copa do Mundo de Rugby.

Último segundo tempo da Copa do Mundo de Rugby

A África do Sul dominou a Inglaterra nos Scrums, mesmo quando sua primeira linha começou a ser substituída. Aos 6 minutos, após mais um penalty, Pollard chegou a 15 pontos na final da Copa do Mundo de Rugby. Aos 51 minutos, a Inglaterra conseguiu diminuir a vantagem dos sul africanos. Mais uma vez com um penalty convertido por Owen Farrell, a final da Copa do Mundo de Rugby ficou 15 a 9.

Inglaterra desperdiça grande chance e África do Sul aproveita

Logo após a conversão do penalty, os ingleses seguiram pressionando e conseguiram forçar mais uma falta dos Springboks. Farrell veio para a conversão e deixar a vantagem em somente 3 pontos, porém, o jogador desperdiçou a oportunidade. E, para tornar a missão inglesa ainda mais difícil, a África do Sul pontuou mais uma vez, novamente com Handre Pollard por meio de penalty.

Farrell aparece novamente e Inglaterra não se entrega

Logo após a conversão dos Springboks, a Inglaterra conseguiu recuperar a bola após o chute de devolução, após um erro de seu adversário. Owen Farrell teve mais uma chance de converter um penalty e, dessa vez, teve sucesso. Com a partida em 18 a 12, as equipes se lançaram uma contra a outra.

África do Sul fazendo história na Copa do Mundo de Rugby

Os Springboks conseguiram um fato inédito nessa edição da Copa do Mundo de Rugby. Pela primeira vez, em finais, a seleção da África do Sul conseguiu anotar um Try, com Makazole Mapimpi. Após a conversão de Pollard, a partida ficou 25 a 12, com pouco menos de 13 minutos para o final da partida.

Para confirmar o título dos Springboks

A Inglaterra teve que ir com tudo para cima da África do Sul e, com isso, abriu buracos. A defesa dos Springboks apareceu com qualidade e, em grande arrancada da equipe, Cheslin Kolbe anotou o segundo Try da partida. Com a conversão de Pollard, que chegou a 22 pontos na partida, a vantagem aumentou para 20 pontos.

África do Sul é campeã da Copa do Mundo de Rugby

Após o segundo Try dos Springboks, a Inglaterra sabia que não iria conseguir buscar mais o placar. Com mais alguns lances de disputa entre as equipes, quando o relógio marcou 80 minutos, a festa começou para a África do Sul. Com o título, os sul africanos faturam pela terceira vez a competição e se igualam a seleção da Nova Zelândia.

LEIA MAIS

Inglaterra faz jogo perfeito e vence Nova Zelândia na Copa do Mundo de Rugby

África do Sul vence duelo equilibrado com País de Gales e vai à final da Copa do Mundo de Rugby