Premier League: Após 12 rodadas, Leicester tem números superiores aos da temporada do título

Passadas 12 rodadas da temporada 2019-2020 da Premier League, o Leicester surpreende analistas e torcedores ao aparecer novamente como um ‘intruso’ entre as equipes que lideram a disputa.

Paulo César Desidério Costa
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: (foto: Twitter/Leicester City)

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Com a vitória por 2 a 0 sobre o Arsenal no último sábado (09) jogando em casa e a derrota do Manchester City para o Liverpool em Anfield no domingo (10), os Foxes chegaram aos 26 pontos, assumindo a vice-liderança da competição ao lado do Chelsea, que também chegou aos 26.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Inevitavelmente, a atual posição do Leicester na classificação do campeonato inglês remete à mágica temporada em que o clube conquistou o título inédito da competição, sob o comando do italiano Claudio Ranieri. Comparando os números, a campanha do Leicester nesta temporada da Premier League é ainda melhor que em 2015-2016 a esta altura.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Em 07 de novembro de 2015, pela 12ª rodada, o clube que alcançara o 3º lugar na rodada anterior, conseguiu se firmar na posição após vencer o Watford no King Power Stadium por 2 a 1. À época, o Leicester chegava aos 25 pontos, somente um abaixo da pontuação alcançada com a vitória de sábado sobre o Arsenal.

Com Brendan Rodgers no comando, o ataque também funciona melhor do que no ano do título. Até o momento o Leicester tem o segundo melhor ataque desta Premier League com 29 gols, um a mais que o 3º no ranking, o líder Liverpool (28), e seis a menos que o líder da estatística, o Manchester City (36). Em 2015-16, após 12 jogos, o Leicester havia balançado as redes 25 vezes e, curiosamente, também tinha o segundo melhor ataque, porém, com diferença de um gol para os Citizens.

A melhora mais significativa na comparação entre as estatísticas das respectivas temporadas está na defesa. Em 2015-2016, o Leicester havia sido vazado 20 vezes depois de 12 partidas. Na atual temporada, por sua vez, a equipe sofreu apenas 8 gols, tendo assim a melhor defesa do campeonato até aqui.

Se por um lado os números do Leicester de Brendan são superiores aos da equipe de Ranieri, a distância para o líder neste ano é mais larga. Em 2015, o time estava a um ponto de Manchester City e Arsenal, respectivamente, ambos com 26. Desta vez, o Liverpool lidera com 34, uma vantagem de oito pontos, com direito ao melhor início de campanha da era moderna da Premier League, junto às campanhas de 2011-12 e 2017-18 do Manchester City.

Caso queira repetir o verdadeiro conto de fadas de cinco temporadas atrás e erguer o bicampeonato inglês, o Leicester precisará manter a regularidade do bom futebol apresentado sob o comando de Brendan Rodgers, vencer confrontos diretos para manter o fôlego e não perder contato com o líder e, claro, secar bastante o Liverpool de Jürgen Klopp. A 26 rodadas do fim, muita coisa ainda deve acontecer na terra da rainha.

LEIA MAIS

Premier League: veja como ficou a classificação após os jogos da 12ª rodada