Astro fitness Shawn Rhoden precisa resolver questões legais para competir

Rhoden visa retorno ao Arnold Classic 2020, mas uma condição afeta seu planejamento

Filipe Queiroz
Colaborador do Torcedores

Crédito: Instagram / felxatronrhoden

O fisiculturista Shawn Rhoden vive um drama para voltar a competir. Ele foi acusado de agressão sexual no meio do ano (por um suposto ato ocorrido no mês de outubro de 2018) e lutou junto a AMI pela revogação da sua elegibilidade a fim de retornar às disputas, conseguindo êxito no pedido feito.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Mas, na tentativa de disputar o Arnold Classic em 2020, o astro fitness foi informado de que apenas poderá participar da competição de fisiculturismo caso todas essas questões legais foram devidamente solucionadas. Tanto a AMI quanto os supervisores e responsáveis pelo Arnold Sports Festival concordam com o trâmite.

Além da polêmica, também foi noticiada uma informação recentemente de que Shawn Rhoden não possuía mais seu Pro Card, por não ter pago o valor da taxa anual à IFBB. Assim o futuro do atela foi dado como incerto pela imprensa esportiva internacional. “Convites oficiais para o Arnold Classic 2020 e outros eventos da IFBB Pro League serão emitidos em dezembro. Shawn Rhoden manifestou interesse em competir e faremos um convite se seus problemas legais forem resolvidos antes do concurso”, declarou a equipe do Arnold Classic, em depoimento ao portal FitnessVolt.

O Arnold Classic 2020 tem previsão de início para Abril (em solo brasileiro), entre os dias 24 e 26 no Expo Center Norte, em São Paulo. A data para a resposta em relação ao caso de Rhoden ainda é incerta, mas a expectativa é de que até o mês de março a situação precisa ser resolver e o fisiculturista retornar ao campeonato com força total.

Veja tudo sobre o mundo fitness no Torcedores.com

LEIA MAIS

Flávia Alessandra pega pesado em treino de Jump ao lado de Agatha Moreira

Ultramaratonista deficiente visual dá exemplo de superação na corrida

Juju Salimeni grava vídeo de treino e chora de dor ao levantar mais de 100 quilos