Athletico Paranaense x Cruzeiro: CBF define arbitragem para o jogo do Brasileirão

Na noite desta quarta-feira (06), Athletico Paranaense e Cruzeiro se enfrentam, a bola vai rolar às 21h30 (Brasília), na Arena da Baixada

Tathiane Marques
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Cruzeiro Esporte Clube

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já definiu os responsáveis pela arbitragem do duelo entre o Athletico Paranaense e Cruzeiro, válido pela 31º rodada do Campeonato Brasileiro.

O árbitro paulista Luiz Flavio de Oliveira que é integrante do quadro de arbitragem da FIFA será o dono do apito e os assistentes Anderson José de Moraes Coelho, além de Bruno Salgado Rizo, ambos do  estado de São Paulo.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva

Já responsável pelo VAR será o paulista Jose Claudio Rocha Filho, com o auxílio dos conterrâneos  Lucas Canetto Bellote e Gustavo Rodrigues de Oliveira.

Siga o Torcedores também no Instagram

Mesmo tendo a vaga para a Libertadores 2020 por ter vencido a Copa do Brasil, o Furacão vem numa crescente na 6° colocação com 46 pontos, o time pretende chegar nas primeiras posições. No caso da Raposa ela está na 16° posição com 33 pontos, dois a mais que o primeiro time do grupo da degola.

CONFIRA ABAIXO A ARBITRAGEM COMPLETA DE ATHLETICO PARANAENSE X CRUZEIRO

Árbitro
Luiz Flávio de Oliveira – SP (FIFA)

Árbitro Assistente 1
Anderson José de Moraes Coelho – SP (CBF)

Árbitro Assistente 2
Bruno Salgado Rizo – SP (CBF)

Quarto Árbitro
Leonardo Ferreira Lima – PR (CBF)

Analista de Campo
Gildásio José dos Santos – PR (CBF)

Árbitro de Vídeo
José Cláudio Rocha Filho – SP (CBF)

Assistente de Árbitro de Vídeo 1
Lucas Canetto Bellote – SP (CBF)

Assistente de Árbitro de Vídeo 2
Gustavo Rodrigues de Oliveira – SP (CBF)

Observador de VAR
Raimundo Nonato Lopo de Abreu – DF (CBF)

LEIA MAIS:

Brasileirão: perfil do campeonato chega a 1 milhão de seguidores no Instagram

Brasileirão: audiência de jogos do torneio aos domingos é maior em relação a 2018, aponta estudo

Libertadores: Conmebol tem Assunção e Miami como “plano B” para final entre Fla e River, diz jornal