Betão atinge marca negativa e zagueiro chega ao quarto rebaixamento

A queda do Avaí decretada com cinco rodadas de antecedência cravou o quarto descenso de Betão

Gabriel Neves
26 anos. Jornalista formado na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Passagens por Footstats e Placar Uol. Participante do podcast ''As Quatro Forças''.

Crédito: André Palma Ribeiro/Avaí F.C.

Ebert Willian Amâncio provavelmente seja um nome que não cause efeito algum quando dito. Mas quando dizemos Betão a coisa muda. Conhecido pelo apelido, o zagueiro formado nas categorias de base do Corinthians, estreou na equipe profissional com apenas 17 anos. Multicampeão pelo alvinegro paulista, Betão conquistou os títulos da Copa do Brasil, Rio-São Paulo, Paulista e Brasileiro.  No entanto, nem tudo foram flores. Em 2007 completou 200 jogos pelo Corinthians e tudo parecia caminhar bem, mas o final de temporada foi trágico e a queda para a segunda divisão marcou o primeiro descenso de Betão na carreira.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em 2008 não permaneceu no clube e se transferiu para o Santos, que o emprestou para o Dinamo Kiev, da Ucrânia, onde quase bateu a marca de 200 jogos novamente. Em 2013 foi emprestado para a Ponte Preta, clube que amargou o rebaixamento naquele ano. O segundo de Betão.

Depois de rodar pelo Evian da França e o próprio Dinamo nos anos seguintes ao descenso da macaca, Betão chegou ao Avaí, seu atual clube, em 2016. Após ótima campanha da equipe na Série B, o clube conseguiu o acesso para a elite do futebol nacional, mas foi rebaixada ao término da temporada do ano seguinte. Betão teve seu contrato renovado por dois anos.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Em 2018 o Avaí fez novamente ótima campanha na segunda divisão e se garantiu na série a do campeonato brasileiro de 2019. Betão, inclusive, começou o ano sendo campeão catarinense e eleito melhor jogador do estadual. Mas a ”maldição” do rebaixamento parece não se desgrudar do boleiro. Nesta segunda-feira, 18, o Avaí empatou sem gols com o Cruzeiro e foi rebaixado para a Série B. Quarto rebaixamento do beque de 36 anos.

LEIA MAIS:

Thiago Neves questiona motivo da comemoração do Avaí, após rebaixamento

Brasileirão: veja como estaria a tabela sem VAR após a 33ª rodada

 

Quem chega e quem sai dos clubes?