Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Campeão, briga no Z-4 e mais: veja os principais fatos da 34ª rodada do Brasileirão

Campeão chegou, agora a briga da vez é pelo rebaixamento

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Divulgação / CBF

A 34ª rodada do Brasileirão foi de definições e trocas na parte de cima e de baixo da tabela. Enquanto o campeão chegou, a zona do rebaixamento se tornou o verdadeiro caos.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Veja os 5 principais fatos da 34ª rodada:

Pintou o campeão!
O Flamengo é o campeão brasileiro e nenhum fato da 34ª rodada pode ser maior que esse. O Rubro-Negro sequer jogou, viu o Palmeiras perder por 2 a 1 em casa, para o Grêmio, e entregar o título de bandeja nas mãos do time carioca, que viu o título de cima do trio elétrico, já que um dia antes tinha conquistado também a Copa Libertadores.

Troca no vice?
A derrota do Verdão também promoveu uma troca que não era realizada há várias rodadas. O Santos venceu e aproveitou o tropeço do rival para assumir a vice-liderança do Brasileirão.

Ou seja, de pretendente ao título, o Palmeiras se tornou terceiro colocado da competição.

Ninguém quer a Libertadores
O título do Flamengo no sábado abriu mais uma vaga para a Libertadores via Brasileirão. De G-6, se tornou G-7, com o Athletico Paranaense na briga, virou G-8.

Porém, o sétimo e o oitavo colocados, respectivamente Internacional e Corinthians, não parecem tão a fim assim de irem para a competição continental. Ambos não acumulam bons resultados e voltaram a tropeçar na 34ª rodada.

O problema é que o time mais próximo é o Goiás, que está quatro pontos atrás com doze a disputar. O Esmeraldino venceu, mas quase deixou o Bahia reagir em jogo que parecia resolvido.

Última vaga na Série B é pura aflição
A grande briga até o fim do Brasileirão será pela última vaga no Z-4, que ninguém quer. O Cruzeiro foi goleado e voltou ao Z-4 após ensaiar uma reação com Abel Braga.

O Fluminense, que parecia condenado, foi a Maceió e bateu o CSA. O Botafogo recebeu o Corinthians e conseguiu ótima vitória por 1 a 0. O Ceará, primeiro fora do Z-4, perdia para o São Paulo até o último minuto, mas conseguiu a igualdade com gol de Felipe.

As quatro rodadas finais prometem e muito.

Sobrevida?
A Chapecoense parecia condenada ao rebaixamento e está por poucos jogos de cair de vez, mas quer assustar até o fim.

Com os tropeços dos times que estão à sua volta, a Chape engatou duas ótimas vitórias, encostou no CSA e se nega a cair antecipadamente.

Leia mais:
Casagrande diz que Tite está na corda bamba e sugere três nomes para a Seleção

As melhores notícias de esportes, direto para você