Cavani chama Messi para briga e argentino responde: “Quando quiser”

Há três dias, Messi foi protagonista de uma discussão com o técnico Tite, da Seleção Brasileira. Craque pediu silêncio para o treinador brasileiro

Eduardo Suguiyama
Eduardo Suguiyama é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado).

Crédito: Reprodução

Na tarde desta segunda-feira (18), Argentina x Uruguai se enfrentaram em um amistoso internacional e empataram pelo placar de 2 a 2. Apesar de ser apenas um amistoso, a rivalidade Sul-Americana não ficou de fora e acabou que dois dos principais nomes de suas respectivas seleções acabaram se estranhando, Lionel Messi e Edinson Cavani.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

A tradicional rivalidade entre Argentina x Uruguai não ficou de fora mesmo em um amistoso e o clima esquentou entre Lionel Messi e Cavani, os dois astros se estranharam no fim do primeiro tempo e trocaram provocações.

O uruguaio teria chamado o argentino para briga e Messi não pipocou e respondeu da seguinte forma: “Quando quiser”. A discussão só foi apaziguada com a chegada de jogadores da Celeste como o capitão Godín.

Assista ao desentendimento entre Messi x Cavani:

Curiosamente, o amistoso terminou empatado e os dois ‘brigões’ marcaram um gol por suas respectivas seleções.

Veja a ‘briga’ contextualizada:

LEIA MAIS:
Gabigol rebate Dudu e diz que não precisa de torcida rival na final da Libertadores

Torcedores de Luxemburgo provocam Cristiano Ronaldo com gritos de “Messi” no estádio; assista