Conduta de Sobis durante o Gre-Nal chama a atenção, mas diretoria faz defesa: “Não tem jogador satisfeito com derrota”

Atacante foi o primeiro jogador do Inter a deixar o estádio e chamou a atenção dos repórteres na zona mista

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Site Inter

Mesmo sem jogar, o atacante Rafael Sobis virou tema das entrevistas no Inter após a derrota de 2×0 no Gre-Nal, na Arena, neste domingo, pelo Brasileirão. Ele ficou no banco de reservas durante a partida e foi o primeiro jogador a passar pela zona mista do estádio após o jogo, tranquilamente, conversando com seguranças e de banho tomado.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Segundo o repórter Bruno Ravazzolli, da Rádio Guaíba, que fez a pergunta para o executivo de futebol Rodrigo Caetano, o jogador ainda conversou em “tom de brincadeira” com o segurança gremista Fernandão no intervalo da partida, quando o Grêmio já estava ganhando de 1×0, e deixou o estádio “cinco minutos” depois que o vestiário do Inter foi fechado para a corrente final. O dirigente negou:

“Com relação ao Sobis, não foram cinco minutos. Foi mais de meia hora até nos fecharmos a porta para fazermos a corrente final, que a gente faz seja com vitória ou derrota. Isso eu estou afirmando, é fato, não é suposição. Não tem nenhum jogador nosso satisfeito após não termos vencido as duas últimas partidas”, disse Caetano.

Veja:

Já na sua coletiva, o vice-presidente de futebol Roberto Melo limitou-se a dizer que não viu o jogador saindo antes dos demais e evitou comentar a situação.

Bicampeão da Libertadores pelo Inter, o atacante retornou ao clube nesta temporada e até chegou a ser titular com o técnico Odair Hellmann em alguns momentos. Com Zé Ricardo, ainda não atuou.

LEIA MAIS:

Lugano revela que era o “homem do cofre” do Grêmio e explica o que não deu certo

Muita influência? D’Ale diz que é só funcionário do Inter, mas diz o que mudaria se “mandasse” no clube

Duda Kroeff elogia o Flamengo, defende Paulo Victor e opina: “Derrota até certo ponto normal”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram