Com “contrato de gaveta”, Jailson deve permanecer no Palmeiras em 2020, diz site

Herói na campanha do título do Campeonato Brasileiro de 2016, Jailson deve ficar no Palmeiras em 2020 para disputar posição com Weverton e Vinicius Silvestre

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

O Palmeiras deve passar por uma reformulação de elenco após um 2019 bem abaixo do esperado, mas o goleiro Jailson, de 38 anos, e que disputou apenas cinco jogos nesta temporada, não deve ser um dos “afetados”. Segundo o UOL Esporte, o jogador possui contrato com o alviverde até 2020 – e não até dezembro deste ano, como o próprio clube anunciou.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

De acordo com a publicação, Jailson tem um “contrato de gaveta” que foi mantido em segredo pelas partes envolvidas e seguirá no Palmeiras para ser opção para o setor ao lado de Weverton e Vinicius Silvestre, que teve sua volta de empréstimo do CRB confirmada por Mattos na última semana.

Ainda segundo o UOL Esporte, no registro do novo contrato de Jailson no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, o goleiro teve o contrato de dois anos registrado, mas na ocasião o Palmeiras alegou erro no preenchimento e corrigiu o tempo do vínculo para apenas uma temporada.

No Palmeiras desde 2014, Jailson só fez sua estreia com a camisa do clube em 2016, quando também teve sua primeira oportunidade de atuar na Série A do Brasileirão, aos 35 anos. Pelo clube soma 76 jogos e três títulos: Copa do Brasil (2015) e Campeonato Brasileiro (2016 e 2018).

Com a provável permanência de Jailson, quem deve deixar o Palmeiras é Fernando Prass, que chegou ao clube para a temporada de 2013, quando a equipe se preparava para a disputa da Série B.

LEIA MAIS:
Sampaoli, Jorge e Gustavo Henrique: veja as movimentações do Palmeiras no mercado da bola para 2020