Copa Paulista: jogadores e treinador do XV de Piracicaba confiam na virada contra o São Caetano

“De cabeça erguida” apesar do revés diante de sua torcida em Piracicaba, elenco e comissão técnica do Nhô Quim acreditam na virada e no título da Copa Paulista

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Elcio Fabretti/ XV de Piracicaba

O XV de Piracicaba recebeu o São Caetano na noite do último sábado (9), diante de mais de 13.500 torcedores presentes ao estádio Barão de Serra Negra, pela partida de ida das finais da Copa Paulista, e acabou sendo derrotado pelo placar de 3 x 2.

“Cirúrgico” e “aplicado”, nas palavras de seu técnico Marcelo Vilar, o Azulão chegou a abrir 2 x 0 ainda no primeiro tempo, apesar da pressão quinzista. Os donos da casa reagiram na etapa final e conseguiram o empate antes dos 30 minutos, porém, após salvar uma bola que sairia pela linha de fundo, o time do ABC fez o gol da vitória nos acréscimos.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Com o resultado, o São Caetano conquista o inédito título da competição em caso de vitória ou qualquer empate no segundo e decisivo confronto que acontece no próximo sábado (16), em São Caetano do Sul. Já o Nhô Quim precisa vencer por dois ou mais gols de diferença para chegar ao bicampeonato. Se a equipe do interior triunfar por apenas um gol de vantagem, a decisão será nas cobranças de pênaltis.

Mesmo em desvantagem no marcador e agora decidindo o título fora de casa, devido à melhor campanha geral do adversário, os jogadores e a comissão técnica do XV de Piracicaba acreditam que o resultado possa ser revertido.

“Fizemos um grande jogo, talvez o nosso melhor na competição. Acredito que a equipe sentiu o primeiro gol e logo depois sofremos o segundo. Depois disso, voltamos a controlar a partida. Isso traz confiança de que podemos construir um bom placar lá”, declara o técnico Tarcísio Pugliese.

O comandante do XV, que terá o retorno do atacante Kadu Barone, suspenso pelo terceiro cartão amarelo na primeira partida das finais, disse também que, mesmo com o “pesar” pela derrota dentro de casa, o clima no vestiário era de bastante otimismo.

Vitor Prates/ EC XV de Novembro de Piracicaba

“Otimista”, elenco do XV se reapresentou para a semana final de treinos antes da decisão da Copa Paulista diante do São Caetano (Foto: Vitor Prates/ XV de Piracicaba)

“Todos estavam bem centrados e cientes de que podemos mudar esse quadro. Temos bem claro tudo o que aconteceu. Conversamos bastante no intervalo. Eu passei para os atletas o que estava vendo de fora. Estávamos muito bem e não havia motivos para entrarmos em desespero. Alguns detalhes precisavam ser corrigidos e voltamos melhor ainda para a etapa final”, explicou Pugliese. E completou:

“Temos que analisar as coisas com calma, assistir mais partidas do São Caetano, com mando deles, para observar o comportamento que prevalece dentro de casa. Porém, pela vantagem que eles construíram, talvez, eles continuem apostando em uma postura mais defensiva. Vamos pensar na melhor estratégia que deveremos adotar nesse embate”.

São Caetano e XV de Piracicaba voltam a campo no próximo sábado (16) às 17h00, no estádio Anacleto Campanella, pela decisão da Copa Paulista. Os dois clubes já estão garantidos numa competição nacional na temporada de 2020, uma vez que o campeão do torneio estadual escolhe entre participar da Copa do Brasil ou da Série D do Brasileirão, enquanto o vice fica com a opção não escolhida.

LEIA MAIS

À beira de título, São Caetano vive profunda crise financeira; elenco grava vídeo pedindo ajuda a empresário

Iberê Riveras: Terceirizado, Paulista de Jundiaí volta a ser campeão; veja outros destaques do interior

SporTV: veja quais jogos serão transmitidos AO VIVO nesta terça (12)