Exame detecta trauma nos ombros de Avelar e Pedrinho e dupla vira dúvida diante do Atlético-MG

Dupla do Corinthians se lesionaram na vitória diante do Avaí pelo Brasileirão

Junior Azevedo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina, fanático por futebol e torcedor do Londrina Esporte Clube

Crédito: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nem tudo foi alegria na vitória do Corinthians por 3 a 0 diante do Avaí, em Itaquera, pelo Brasileirão. O lateral Danilo Avelar, que foi substituído durante a partida com dores nos ombros e o meia Pedrinho, que saiu da arena com uma tipoia no mesmo lugar, tiveram um trauma forte diagnosticado em exame realizado nesta quinta-feira (28) no CT Joaquim Grava.

A dupla virou dúvida e podem desfalcar o Corinthians no próximo domingo (01), às 18 horas (de Brasília), diante do Atlético-MG no Mineirão. Tanto Danilo Avelar e Pedrinho já iniciaram o trabalho de recuperação e devem realizar novos exames até dias antes da partida para saberem se serão relacionados diante do Galo.

Com o meu BMG Corinthians o seu time sempre ganha. Abra sua conta!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em caso de desfalques, a lateral esquerda deve ser ocupada pelo jovem Carlos Augusto, enquanto o meio de campo deve ter Mateus Vital ou o veterano Jadson. O jogador de 35 anos atuou por pouco mais de vinte minutos diante do Avaí e recebeu elogios do técnico Dyego Coelho.

Na sétima posição do Campeonato Brasileiro com 53 pontos, o Corinthians está próximo de garantir uma vaga na Copa Libertadores 2020. Para isso, o Timão pode ficar até na oitava colocação que garantirá a participação na torneio continental na próxima temporada.

LEIA MAIS

Gabriel elogia postura dos jogadores do Avaí e projeta a próxima partida diante do Atlético-MG

Pedrinho elogia vitória do Corinthians diante do Avaí e afirma: “Contra o Botafogo fizemos um grande jogo, mas a bola não entrou”

Importante na vitória do Corinthians, Gustagol destaca força do grupo e elogia o técnico Coelho