Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Corinthians confirma Coelho como técnico interino e série de demissões após saída de Carille

Mudanças drásticas confirmadas por Andrés Sanchez começaram no Timão

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O Corinthians confirmou na tarde desta segunda-feira (4) que Dyego Coelho, ex-lateral e ex-técnico do sub-20, será o treinador interino da equipe profissional após a demissão de Fábio Carille.

Você conhece o Meu Corinthians BMG?

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Coelho já comanda o treino do dia e será o técnico no confronto de quarta-feira (6), às 19h30, contra o Fortaleza, na Arena do Timão.

A saída de Carille foi apenas o início das “mudanças drásticas” no Corinthians, como dito pelo presidente Andrés Sanchez após a derrota para o CSA e repetido após a goleada sofrida para o Flamengo.

Deixam a comissão técnica os auxiliares Leandro Cuca e Fabinho, o preparador físico Walmir Cruz e o analista de desempenho Denis Luup.

Com a série de mudanças, Coelho terá a seu lado o analista de desempenho Yan Viegas e o novo auxiliar Mauro da Silva.

Como técnico do sub-20 do Corinthians Coelho acumula 108 jogos, 58 vitórias, 30 empates e 20 derrotas.

Veja a nota de anúncio do Corinthians:

O técnico Dyego Coelho será o comandante do Timão, diante do Fortaleza, nesta quarta-feira, às 19h30, na Arena, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com ele, o analista de desempenho Yan Viegas também fará parte do trabalho, após as saídas do técnico Fábio Carille, dos auxiliares Leandro Cuca e Fábio Félix, do preparador físico Walmir Cruz e do analista de desempenho Denis Luup. Permanece na comissão técnica Mauro da Silva.

Como jogador, Coelho foi campeão paulista, em 2003, e brasileiro com o Corinthians em 2005. Passou por Atlético-MG, onde foi bicampeão mineiro em 2007 e 2010, Bahia, onde foi campeão Baiano em 2012, Bologna, da Itália, e Karabukspor, da Turquia.

Leia mais:
Denilson avalia atuação do Corinthians em goleada sofrida no Maracanã: “O Flamengo amassou”

As melhores notícias de esportes, direto para você