Damiris chega à Seleção Feminina de Basquete de olho no Pré-Olímpico

Atleta, que joga na Coreia do Sul, viajou o mundo para se apresentar à Seleção Brasileira. Assim, meninas do Brasil ganham mais um reforço

Aécio de Paula
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação: FIBA

Mais completa. Assim está a Seleção Feminina de Basquete para a disputa do Pré-Olímpico continental. A jogadora Damiris, que joga na Coreia do Sul, se apresentou ao time nesta sexta-feira (8). Embora o time de José Neto ainda não esteja completo, a seleção ganha mais um nome de peso na preparação. Isso porque Damiris não se reunia com a equipe desde a preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

A equipe brasileira feminina está treinando no Parque Olímpico da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

A ala/pivô enfrentou pouco mais de 28 horas de voo para começar os seus trabalhos. Antes disso, no entanto, a atleta acompanhava alguns treinos da equipe pela internet. A jogadora já passou por times como Jundiaí, Celta de Vigo, Ourinhos, Maranhão e Americana. Atualmente, joga na equipe do Busan, na Coreia do Sul. Além disso, ela já jogou na WNBA nos times do Minnesota Linx e do Atlanta Dream.

A expectativa

Em entrevista ao site oficial da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), Damiris disse que estava muito ansiosa para se reunir com a equipe. “Estava bem ansiosa, confesso. A minha tradutora falou comigo, ‘calma, você já vai para o Brasil.’ Estava ansiosa para estar com as meninas. A minha última preparação com as meninas foi na Olimpíada. Estou muito animada. Estamos no caminho certo”, disse ela.

A jogadora também disse que a viagem não foi muito fácil. “Foi bem complicadinho. Saí da Coreia do Sul até Doha, no Catar. Foram 10 horas. E depois de Doha para São Paulo mais 15 horas. Fiquei em São Paulo cinco horas porque o voo atrasou. É bem cansativo, mas quando chega aqui (Rio de Janeiro), vale a pena estar com as meninas, estar nesse momento tão importante do basquete feminino, me preparar com o time, isso faz total diferença. Agora é descansar e treinar”, completou ela.

Agora é pra valer

Seja como for, falta muito pouco para a estreia do Brasil no Pré-Olímpico das Américas. O Torneio vai acontecer na Argentina entre os dias 14 e 17 de novembro. Ou seja, é uma competição de tiro curto. Em poucos dias, o Brasil poderá definir todo o planejamento para a temporada de 2020. Mas vale lembrar que a competição não dá vaga direta para os Jogos de Tóquio. Isso porque a competição continental vai dar vaga para o Pré-Olímpico Mundial que só acontece no ano que vem. Por isso, o Brasil precisa da vaga na Argentina.

A equipe brasileira estreia na Pré-Olímpico das Américas contra os Estados Unidos já no dia 14. Logo depois de um dia de descanso, o desafio das brasileiras é contra a Colômbia no dia 16. No dia seguinte, o jogo é contra as donas da casa.

LEIA MAIS

Basquete: Seleção feminina se reúne para disputa do Pré-Olímpico