Deschamps abre as portas para Martial na seleção francesa: “cabe a ele continuar nesse caminho”

Didier Deschamps, treinador da seleção francesa, deixou em aberto o retorno de Anthony Martial aos convocados da equipe nacional

Cleverton Silva
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/FFFTV

A não convocação de Anthony Martial provocou questionamento de alguns jornalistas durante a coletiva de imprensa do técnico da seleção francesa, Didier Deschamps. E o treinador justificou a decisão de deixar o jogador de fora dos convocados para as próximas duas partidas das Eliminatórias da Eurocopa.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Didier Deschamps afirmou que quis chamar Martial em vezes anteriores, mas o atacante do Manchester United não estava apto, devido lesões sofridas jogando pelos Red Devils.

“Anthony tem sido parte regularmente da equipe francesa por muitos anos, mas não tem estado aí ultimamente. Ele se machucava com frequência, sofreu várias lesões seguidas. Eu quis chamá-lo duas ou três vezes, e ele não pôde vir”, afirmou o treinador.

O treinador do selecionado francês ainda afirmou que, para voltar a estar na lista de convocados para os próximos jogos, Martial terá que continuar jogando bem, como vem fazendo agora, pós lesão.

“Ele voltou há pouco tempo, em papel diferente de centroavante. Está indo muito bem. Cabe a ele continuar nesse caminho. Ele tem sido um dos jogadores mais prováveis de ser convocado”, declarou Deschamps.

O próximo jogo da seleção francesa será na quinta (14), no Stade de France, contra a Moldávia. A partida pelas Eliminatórias para a Eurocopa terá início às 16h15 (de Brasília).

LEIA MAIS