Em 2008, Tuka Rocha defendeu as cores do Flamengo no Superleague; relembre

Ex-piloto de Stock Car morreu no domingo (17), três dias após sofrer acidente aéreo. Morte de Tuka Rocha teve grande repercussão no meio esportivo

Jéssica De Paula Alves
Jornalista amapaense migrada em Belo Horizonte (MG). Nascida em março de 1990, é gremista e adora esportes desde a infância. Faixa branca em jiu-jitsu, também é fã de rock e ama unir suas paixões.

Crédito: Divulgação/Flamengo

A morte do ex-piloto de Stock Car Tuka Rocha, no domingo (17) após sofrer um acidente aéreo, gerou grande repercussão no meio esportivo. Ele estava internado em um hospital de Salvador, na Bahia, com 80% do corpo queimado e morreu posteriormente. Tuka foi uma das vítimas da queda de um avião na tarde desta quinta-feira (14) em Maraú

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O Flamengo postou em seu Twitter oficial uma homenagem a Tuka Rocha. Em 2008, ele foi piloto da equipe rubro-negra, quando foi criada uma categoria de automobilismo chamada Superleague Fórmula. Todavia, nessa competição, as equipes representavam clubes de futebol. Foi o primeiro piloto do Flamengo.

Assim, Tuka representou o Flamengo pela equipe Astromega na Supeleague Fórmula. Seu melhor resultado foi um segundo lugar em Donington Park. O paulistano tinha 36 anos e teve longa passagem pela Stock Car, onde correu entre 2011 e 2018.

Tuka é a terceira vítima fatal do acidente, depois das irmãs Marcela Brandão Elias, 37, e Maysa Marques Mussi, 27, de acordo com o site Uol. Contudo, sofreu um acidente de avião, durante  tentativa de pouso na pista de um resort

LEIA MAIS

Tuka Rocha, ex-piloto da Stock Car, morre após acidente aéreo