Esposa de Schumacher concede rara entrevista e filha revela conselho do pai

Sem dar detalhes da saúde do alemão, Corinna Schumacher agradece apoio do marido à família

Patrick Monteiro
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação

Desde que sofreu um grave acidente em dezembro de 2013, pouco se sabe sobre a saúde de Michael Schumacher. O cenário não mudou, mas ao menos uma integrante da família do heptacampeão mundial de fórmula 1 se pronunciou. Em entrevista à revista “She Magazine”, a esposa do ex-piloto, Corinna Schumacher, expressou gratidão pelo companheiro.  

“Eu não esqueço de quem eu tenho que agradecer por isso. É o meu marido Michael”, disse em referência ao suporte dado por Michael à família ao longo dos anos.  

Além do automobilismo, o alemão é fã do esqui alpino, justamente o esporte que o levou a se acidentar. Mas existe outra modalidade que move a paixão da família: o hipismo, praticado por Corinna e a filha do casal, Gina Maria, de 22 anos. Atividade apoiada por Schumi.  

“Quando eu tinha 30 anos, queria muito ter um cavalo, e Michael foi comigo para Dubai, onde eu queria comprar um cavalo árabe”, afirmou Corinna. 

Em 2005, Michael e Corinna completaram dez anos de casamento. O presente do marido para a esposa foi um rancho na cidade de Givrins, na Suíça. Era o primeiro, antecedendo o do Texas, que ela adquiriu posteriormente. A prática virou algo mais profissional. Sendo assim, mãe e filha passaram a participar de competições da modalidade. No europeu deste ano, Gina faturou a medalha de ouro com a equipe da Alemanha. Também presente na entrevista, a filha revelou um conselho do pai, que já indicava a ela a dificuldade que teria na missão. 

“Quando você dirige um carro, você pode guardá-lo na garagem depois. Mas um cavalo precisa de cuidados durante todo o tempo, até nos domingos”, disse Michael na ocasião.